Aldeia do Desporto, em Marrazes
Árbitro: Luís Dionísio (AF.Leiria)

Chibito; Tiago Clemente, Mário Wilson, João Carlos (“Vladymir”) e Nuno Sousa; Sandro, Leal (Diogo António) e Diogo Velosa; Alberto, Marco Ferreira (Márcio) e José Miguel
Treinador : Edgar Pereira
.
Cacola, Cláudio, Hugo Roda, Gonçalo e Júnior (Dani); Jean, Edgar (Smaine) e Milton; BA, Pragosa (Capão) e Bruno Antunes
Treinador : Paulo Silva
.
Marcadores: Alberto, BA e José Miguel
.
Regresso às vitórias, em jogo com muita chuva, em que o Marrazes foi claramente superior, contudo teve que sofrer para arrecadar os três pontos.Na 1.ª parte, o jogo foi equilibrado, com o perigo a rondar as duas balizas em poucas situações. Realce para o golo do Marrazes, da autoria de Alberto, após assistência de Marco Ferreira. No início da 2.ª parte, as Meirinhas chegaram ao empate num bonito golpe de cabeça, por intermédio de BA. O jogo desde então tornou-se mais faltoso e à medida que o tempo passava faltavam pernas à equipa forasteira. Como consequência disso, as Meirinhas passou, e bem, a jogar somente com dez elementos, após expulsão por acumulação de amarelos de Jean. A partir desse momento, o Marrazes carregou, tornou-se mais perigoso, enviando duas bolas ao poste por Nuno Sousa e Tiago Clemente, entre outras oportunidades desperdiçadas. O golo da vitória surge numa assistência em profundidade de Leal para José Miguel, que passa em velocidade por dois defesas das Meirinhas, com alguma ingenuidade destes últimos que pareciam ter o lance controlado, finalizando perante Cacola.Três pontos preciosos que permitem ao Marrazes respirar um pouco melhor na tabela classificativa, enquanto o Meirinhas continua na antepenúltima posição e na luta pela manutenção.Arbitragem irregular de Luís Dionísio.