Sem possibilidades de apuramento para a discussão do título nacional, Sanjoanense e UD Leiria acabaram por proporcionar um magnífico espectáculo, mostrando que podiam ter ido mais longe nesta fase tal foi a qualidade do futebol que apresentaram neste confronto.

A equipa da cidade do Lis entrou melhor na partida, com um caudal ofensivo superior ao seu opositor, adiantando-se no marcador através de uma grande penalidade, no mínimo discutível, mas que Hugo Romana aproveitou para colocar a sua equipa na frente.

Mesmo a perder, a Sanjoanense não ‘baixou os braços’ e até podia ter empatado na jogada seguinte, mas Rafa Cardoso cabeceou ao lado da baliza. À passagem dos 20′, os visitantes aumentaram a vantagem, com Celso, entre os centrais da equipa da casa, a bater Valter, que nada pôde fazer para evitar o segundo golo dos leirienses.

Só que a formação da casa soube reagir e reduziu a diferença a três minutos do intervalo, através de um excelente cabeceamento de Dani, após livre marcado do lado esquerdo do ataque.

Na segunda parte, Nuno Bastos ganhou a aposta com as três alterações que fez na sua equipa, pois não só Tino empatou a partida na transformação de uma grande penalidade, como Rafa Ferreira, volvidos 11 minutos, deu a reviravolta no marcador, num momento espectacular, com o jogador da casa, de costas para a baliza e com um pontapé acrobático, a fazer passar por cima do guardião leiriense. Um golo justificado pela melhor fase da equipa da casa, que até podia ter feito mais um golo já perto do final do encontro, o mesmo acontecendo com a turma de Leiria, quando Bruno atirou ao lado já sem o guardião Valter na baliza.

Vitória sofrida, mas justa da Sanjoanense perante uma UD Leiria que, com uma excelente primeira parte, não soube segurar uma vantagem de 2-0 e acabou por perder um jogo em que o trio de arbitragem, apesar de alguma contestação, merece nota positiva.

AD Sanjoanense      3
Valter; Paulinho, Paulo Santos, Dani, Rafa Cardoso (Melo, 68’), Nuno Soares (Bastos, 72’), Daniel (Tino, 36’), Xico (Pedro Pinho, 36’), Carlitos (Rafa Ferreira, 36’), Vasco e Pedrinho.
Treinador: Nuno Bastos.

UD Leiria     2
Pedro Cardoso; Duarte, Guilherme, Celso, Rafael, Tiago Marques (Simão Coteiro, 56’), Tiago Claro, Hugo Romana, Luís Santos, Gonçalo (André Lima, 48’) e Bruno.
Treinador: Rui Silva.

Centro Formação de São João da Madeira
Árbitro: André Gralha (Santarém). Auxiliares: Carlos Covão e Pedro Sousa.
Espectadores: 120. Ao intervalo: 1-2.
Golos: 0-1 Hugo Romana (12’, g.p.), 0-2 Celso (20’), 1-2 Dani (32’), 2-2 Tino (43’, g.p.), 3-2 Rafa Ferreira (52’).
Disciplina: Amareloa Xico (12’), Dani (25’), Gonçalo (43’), Bruno (46’), Pedro Pinto (47’), Pedrinho (65’), Nuno Soares (66’) e André Lima (67’).

Texto: Avelino Conceição – Diário de Leiria
Foto: Romana