O Ginásio de Alcobaça conquistou a Supertaça Distrital ao vencer o Beneditense no Estádio Municipal de Leiria por 1–0, num jogo que não teve muitas oportunidades, valendo a pontaria de Tiago Bragança para decidir uma partida que foi quase sempre equilibrada e com duas partes distintas. Com a confiança em alta com a conquista da Taça do Distrito na semana passada, o Beneditense começou melhor já que no primeiro minuto de jogo, através de uma transição rápida conduzida por Dário Marquês, o extremo serviu de bandeja Tonicha que, à boca da baliza, desviou por cima da barra.

Depois deste primeiro aviso, o jogo serenou passando a ser muito disputado a meio-campo. Ainda assim, o Beneditense era a equipa mais esclarecida e objectiva, com André Justino, numa excelente jogada individual, a levar perigo junto da baliza de João Pedro, mas o remate saiu ao lado.

O Ginásio denotava muitas dificuldades para ligar o seu jogo, enquanto do outro lado, o Beneditense continuava a criar perigo, desta feita com um remate de Lucas Grilo que passou perto do poste alcobacense.

Foi já perto do intervalo que o Ginásio conseguiu construir uma jogada digna desse nome, através de uma arrancada de Serginho na direita, servindo depois Tiago Bragança na área, com o avançado, à segunda, a conseguir atirar para o único golo da partida. Um balde de água fria para o Beneditense que foi, durante a primeira parte, a melhor equipa em campo.

A segunda parte começou equilibrada, mas foi o Ginásio quem deixou o primeiro aviso após um cruzamento de Rui Rodrigue com Ricardo Soares a corresponder com um cabeceamento que proporcionou a defesa da tarde a Diogo Soares.

Depois de uma primeira fase em que o Ginásio foi superior, o Beneditense começou a crescer no jogo, criando perigo num lançamento lateral colocado na área com a defesa do Ginásio a desviar para a barra da própria baliza.

Com o tempo a passar, o Beneditense optou pelo futebol directo para poder chegar à baliza contrária, mas foi o Ginásio quem esteve mais perto de aumentar a vantagem num contra-ataque conduzido por Bruno Daniel, mas quando o médio se preparava para entregar o golo de bandeja a Alexandre Cruz, apareceu Tonicha a limpar a jogada. Até ao apito final, o Ginásio limitou-se a controlar o jogo que, nesta fase, tornou-se mais quezilento, perante um Beneditense já de braços caídos e sem os argumentos ofensivos da primeira parte.

Arbitragem globalmente positiva de Tiago Pinto, apesar de alguns lapsos como foi o facto de só ter cumprido três minutos dos seis concedidos como tempo de compensação.

De realçar ainda o comportamento dos muitos adeptos do Beneditense que fizeram a festa mesmo com a derrota da sua equipa, dando um colorido especial à Supertaça.

GC Alcobaça 1
João Pedro, Serginho, Tiago Cerejo, Farruba, Ricardo Soares, Miguel Pinheiro (c), Fábio Rosado, Rui Rodrigues (Bruno Daniel, 72′), João Candeias (Miguel Jacinto, 59′), Tiago Bragança, Alexandre Cruz.
Não jogaram: Rui Oliveira, Wilson Cabral, Rafael Tereso, Carlos Marques, Dinis Quitério.
Treinador: Filipe Faria.

Beneditense 0
Diogo Soares, André Justino, Tiago Gonçalves, Élio Alexandre, Rafael Ramalho, Batuto (c) (Pedro Pimenta, 78′), Tonicha, Miguel Guerra (David Mendes, 54′), Dário Marquês, Diogo Lopes (Nico, 67′), Lucas Grilo.
Não jogaram: Luís Isaac, Bernardo Subtil, João Matias, Luisinho.
Treinador: Leandro Santos.

Estádio Municipal de Leiria
Árbitro: Tiago Pinto.
Espectadores: 800
Ao intervalo: 1-0.
Golo: 1-0 Tiago Bragança (44′).
Disciplina: Amarelo a André Justino (28′), Rui Rodrigues (34′), Ricardo Soares (68′), Fábio Rosado (85′), Tiago Gonçalves (88′), Alexandre Cruz (90′), Miguel Jacinto (90+1′).

Texto: José Roque – Diário de Leiria
Foto: Alexandra Gaspar