A abertura do Campeonato Nacional de Iniciados ditou um dérbi distrital que suscitava grande expectativa já que se defrontavam duas equipas com pergaminhos neste escalão. E o jogo de domingo de manhã não defraudou as expectativas, com a UD Leiria a conseguir vencer o Caldas por 2-1, num jogo em que a turma do Lis começou a perder, mas teve a arte e o engenho de dar a volta ao resultado, com toda a justiça, diga-se.

A primeira situação de perigo pertenceu ao Caldas, numa transição rápida em que Pedro Oliveira ficou em boa posição, mas rematou muito ao lado.

A partir daqui foi a UD Leiria quem tomou conta do jogo, tendo mais posse de bola e a construir de forma mais pautada o seu futebol ofensivo, contudo sem efeitos práticos para além de alguns remates de fácil resolução para o guar­da-redes Afonso.

Apesar do domínio unionista, foi o Caldas quem se adiantou no marcador na sequência de um livre batido no lado direito, a meio do meio-campo, em que Diogo Soares apareceu sem marcação ao segundo poste a atirar para o golo.

A vantagem caldense durou apenas um minuto, já que no recomeço da partida a UD Leiria chegou ao empate num lance de insistência de Norte que serviu na área Guilherme Biscaia, com o avançado a atirar forte para o 1-1, num golo de belo efeito.

Na segunda parte, o jogo manteve a mesma toada, ou seja, com a UD Leiria a conseguiu patentear um futebol de maior qualidade, perante um Caldas a perder folgo. Assim, depois de um primeiro aviso caldense na sequência de um livre, foi a UD Leiria quem ficou perto da vantagem quando Norte acertou no ferro da baliza de Afonso, com um remate de fora da área.

Depois da ameaça, o golo surgiu mesmo e num lance que começou com um canto a favor do Caldas. Ao recuperar a bola, o guarda-redes Gonçalo Fabião deu início ao contra-ataque dos unionistas que só terminou com Norte a atirar para o fundo da baliza, confirmando a reviravolta no marcador.

O Caldas ainda tentou reagir no sentido de evitar a derrota, mas fê-lo sempre de forma ténue. Aliás, foi a UD Leiria quem ficou mais perto do golo após excelente jogada individual de Guilherme Biscaia, que JP desperdiçou ao rematar ao lado.

Arbitragem positiva de Fábio Santos.|

UD Leiria 2
Gonçalo Fabião, Artur (Zé Rodrigues, int.), Tomás (c), Rafael Marcelino, Pedrosa, Pedro Cruz, Gonçalo Marques, Nuno Diniz, Ruben Martins (JP, 58′), Norte (Martim, 70′), Guilherme Biscaia. Não jogaram: Costa, Bruno Miroto, Miguel, João Laranjo.
Treinador: Rui Silva.

Caldas SC 1
Afonso, Rodrigo Santos, Guilherme Santos, Rafael Pinheiro, Diogo Soares, Thomas Milroy (Guilherme Martins, 62′), Tomás Silva, Bruno Fragoeiro (Salvador, 62′), Pedro Oliveira, Mateus (Gesteiro, int.), Fortes (c).
Não jogaram: Micas, Gonçalves, Guilherme Lopes, Afonso Jesus.
Treinador: Luís Lopes.

Campo da Mata, Santa Eufémia
Árbitro: Fábio Santos (Leiria).
Assistentes: David Alexandre e Ricardo Morgado.
Espectadores: 150. Ao intervalo: 1-1.
Golos: 0-1 Diogo Soares (32′), 1-1 Guilherme Biscaia (33′), 2-1 Norte (52′).
Disciplina: Amarelo a Bruno Fragoeiro (45′).

Texto e foto: José Roque – Diário de Leiria