A UD Leiria foi a Nogueira do Cravo vencer por duas bolas a zero em jogo a contar para a 2.ª jornada da Série C do Campeonato de Portugal.

A primeira oportunidade digna de registo pertenceu aos locais: bola batida para as costas da defesa, Wilson jogou fora da sua área e a bola sobrou para Samuel que, com a baliza deserta, atirou ao lado.

Nesta fase do desafio, o Nogueirense estava melhor, jogando em posse e tentando entrar numa defesa bem organizada. À passagem dos 22’, Wellington teve nos pés a melhor oportunidade de toda a primeira parte. Antonhy fez um passe entre linhas que deixou o colega na cara de Wilson, mas não conseguiu levar a melhor no duelo com o guarda-redes.

A resposta da UD Leiria surgiu pouco depois. Excelente triangulação que libertou Pepo do lado esquerdo do ataque, com este a cruzar, mas ao segundo poste João Vieira, de cabeça, rematou ao lado.

No início do segundo tempo, a equipa de Nogueira do Cravo entrou melhor no jogo que, pelos pés de Samuel no lado esquerdo do ataque, criava muitas dificuldades à defesa leiriense. Numa dessas ocasiões, Samuel, após tirar um adversário da sua frente, cruzou para área, gerou-se alguma atrapalhação com sucessivos remates e bola acabou por passar muito perto do poste esquerdo.

À passagem do minuto 66’, canto batido na esquerda por Pepo, Guimar cortou de cabeça e Brás, dentro da área, com o intuito de controlar a bola, usou o braço e o árbitro, prontamente, assinalou grande penalidade. Chamado à conversão, o recém-entrado Ulisses não levou a melhor no duelo com Valença.

A partir daqui, os visitantes mandaram no jogo e criaram muitas dificuldades fruto das alterações efectuadas pelo treinador Rui Amorim. Aos 83’, a UD Leiria chegou ao primeiro. Pontapé longo de Wilson, Leandro penteou a bola para as costas da defesa, Ulisses recolheu-a e sobre o lado esquerdo cruzou rasteiro para o coração da área onde apareceu Pepo que, na cara de Valença, não perdoou.

O Nogueirense, na procura do empate, balanceou-se para a frente, mas revelou pouco discernimento. Já para lá da hora, a União fez o segundo golo e sentenciou o encontro. Aos 90+4’, após um livre batido por Valença, Tony cortou a bola e esta sobrou para Ulisses que lançou o contra-ataque, com Ernest a ultrapassar um adversário e a picar a bola sobre Valença. |

NOGUEIRENSE   0
Miguel Valença; Antonhy, André Guimar, Glady, Beato, Cecim, Fernando (Moacir, 86’), Daycson (Mário Jorge, 62’), Brás (Tony, 74’), Samuel e Wellington.
Não jogaram: Sussu, Henrique Leça, Zito e Henrique Oliveira.
Treinador: João Pires

UD LEIRIA 2
Wilson; Brigues, Anilton, Tony, Kaká, Sérgio Duarte, Maksim, Diaby (Ulisses, 64’), Pepo, Hernâni (Ernest, 73’), João Vieira (Leandro, 59’).
Não jogaram: Ricardo Campos, Afonso, Leandro, Adriano e Diego.
Treinador: Rui Amorim.

Estádio Santo António, em Nogueira do Cravo.
Espectadores: 300.
Árbitro: Renato Gonçalves (Guarda).
Ao intervalo: 0-0.
Golos: 0-1 Pepo (83’), 0-2 Ernest (90+4’).
Disciplina: Amarelo a João Vieira.