O Caldas SC perdeu no terreno do Sacavenense por 4-2, num jogo em que a turma do Oeste começou muito mal a partida, ficando a perder por 3-0 aos 15 minutos. A partir daqui, os caldenses reagiram bem, mas já não foram a tempo de pontuar.

Começou melhor o Sacavenense ao marcar muito cedo num lance de transição rápida em que Iaquinta serviu Tiago Santos, em que o avançado, na cara de Luís Paulo, atirou a contar.

Pouco depois, o Sacavenense aumentou a vantagem na sequência de um canto em que Yaka cabeceou ao segundo poste para defesa de Luís Paulo, mas Diogo Duque fez a emenda para o fundo das redes.

Ao minuto 15, o Caldas sofreu novo golo ao perder a bola em zona proibida, com Tiago Santos a rematar para defesa do guardião caldense, mas, na recarga, Iaquinta fez o 3-0.

A resposta do Caldas surgiu logo de seguida num lance de insistência de Felipe Ryan, com Luís Farinha a encostar na pequena área para o 3-1.

Á meia hora de jogo, o Sacavenense voltou a ficar perto do golo quando Militão cortou um cruzamento de Iaquinta acertando no poste da sua baliza.

Na segunda parte, o jogo foi mais dividido e com menos situações claras de golo. Ainda assim, a meio do segundo tempo o Caldas beneficiou de um pontapé de penálti a castigar falta sobre João Tarzan. Na cobrança do castigo, o mesmo jogador fez o 3-2.

Renascia a esperança do Caldas, mas já perto do apito final, com os caldenses balanceados para o ataque, o Sacavenense aproveitou para sentenciar a partida num contra-ataque rápido com Joel Neves a bater Luís Paulo.|

SG SACAVENENSE 4
Hugo Cardoso, Yaka Medina, André Pires, Diogo Duque, João Job, Carlos Saavedra, Nuno Borges, Iaquinta (Pedro Augusto, 90′), Xavier Fernandes, Luís Mota (Joel Neves, 75′), Tiago Santos (Robinho Vieira,64′). Não jogaram: Rúben Dionísio, Nelson Torres, André Duarte, Gonçalo.
Treinador: Bruno Dias.

CALDAS SC 2
Luís Paulo, Cascão, Militão, Juvenal, Clemente, Paulo Inácio, Vítor Tarzan (Alexandre Cruz, 62′), Felipe Ryan, Luís Farinha (Nuno Januário, 80′), João Tarzan, Pedro Emanuel (Rúben Araújo, 62′). Não jogaram: Natalino, Bé, Paixão, Marcelo.
Treinador: José Vala.

Campo do Sacavenense, Sacavém
Árbitro: João Bento (Santarém).
Assistentes: Samuel Dionísio e Diogo Pereira.
Intervalo: 3-1.
Golos: 1-0 Tiago Santos (4′), 2-0 Diogo Duque (10′), 3-0 Iaquinta (15′), 3-1 Luís Farinha (19′), 3-2 João Tarzan (68′, g.p.), 4-2 Joel Neves (87′).
Disciplina: Amarelo a Carlos Saavedra (42′).

Texto: Miguel Santos – Diário de Leiria
Foto: Joel Ribeiro – Gazeta das Caldas