A UD Leiria aproveitou da melhor maneira a derrota do Benfica e Castelo branco na Sertã para aumentar a vantagem no topo da classificação, depois de ter vencido a AD Nogueirense por 6-1, num jogo de sentido único em que os leirienses ficaram a dever a si próprios um resultado (ainda) mais volumoso.

Depois de uma exibição desinspirada na jornada anterior, desta feita a UD Leiria soube aproveitar os espaços concedidos pelo adversários para fazer mossa, através de um futebol vertical, rápido e pressionante, não deixando respeitar os visitantes que, embora bem intencionados, nada puderam fazer para contrariar o maior poderio dos leirienses.

Desde cedo no jogo que a UD Leiria mostrou para o que vinha, com Diaby a deixar o primeiro aviso, mas o tiro saiu por cima do alvo.

O Nogueirense tentou reagir, mas foi numa transição ofensiva que a UD Leiria chegou ao golo quando João Vieira ganhou espaço perante a hesitação de Miguel Batista e atirou a contar, mas Guimar cortou perto da linha. Contudo, na recarga, Leandro Souza só teve que encostar para a baliza deserta. Estava aberto o caminho para a goleada.

Em desvantagem, o Nogueirense mostrou-se mais atrevido, mas a defensiva leiriense resolveu sempre de forma tranquila todas as investidas. E numa fase em que o jogo estava mais morno, a UD Leiria aumentou a vantagem num lance em que João Vieira foi até à linha de fundo cruzar para a área onde apareceu nas alturas Leandro Souza a cabecear para um excelente golo, com a bola a embater na barra antes de entrar.

Já perto do intervalo, a UD Leiria voltou a ameaçar na sequência de um cruzamento de Kaká correspondido com um remate à entrada da área de Ulisses que encontrou pela frente o poste da baliza de Miguel Batista.

Se na primeira parte, o Nogueirense ainda conseguiu, de certa forma, segurar o virtuosismo dos jogadores da casa, no segundo tempo as desigualdades foram ainda mais evidentes, com o 3-0 a chegar cedo numa excelente jogada individual de Kaká que, ao pegar na bola no meio-campo, passar por tudo e todos, e rematou já dentro da área para o 3-0, num golo de belo efeito.

Não foi preciso esperar muito para a UD Leiria voltar a marcar, desta feita na sequência de um livre lateral apontado por Pepo, em que a bola chegou à área onde houve um primeiro desvio, permitindo a Nailson cabecear para o 4-0.

Pouco depois, perante um Nogueirene rendido às evidências, a UD Leiria aumentou para 5-0 com a particularidade de Ernest ter tocado pela primeira vez no esférico precisamente para marcar golo num lance em que recebeu bem a bola à entrada da área e atirou colocado perante o desamparado Miguel Batista.

Não foi preciso esperar muito para se ver novo golo, com Ernest a descobrir ao segundo poste João Vieira, com o avançado a encostar de cabeça para o 6-0. Do outro lado, o Nogueirense deu um ar da sua graça através de um livre na direita batido por Beato, com Marco a corresponder para o golo de honra dos visitantes.

Arbitragem tranquila do trio de Santarém.|

UD LEIRIA     6
Wilson, Filipe Brigues (c) (Sérgio Duarte, 60′), Nailson, Tony Correia, Kaká, Afonso Caetano, Ulisses, Pepo (Adriano Castanheira, 72′), Diaby, Leandro Souza (Ernest, 69′), João Vieira.
Não jogaram: Ricardo Campos, Anilton, Maksim, Fabrice Kah.
Treinador: Rui Amorim.

AD Nogueirense    1
Miguel Batista, Arlen, Guimar, Cecim, Beato, Henrique Leça, Dayeson, Mário Jorge (c) (Gedson, 69′), Samuel, Brás (João Olavo, 55′), Moacir (Marco, 73′).
Não jogaram: Valença, Tony, Álvaro, Nuno Silva.
Treinador: João Pires.

Estádio Municipal Dr. Magalhães Pessoa (Leiria)
Espectadores: 200.
Árbitro: João Bento (Santarém). Assistentes: Samuel Dionísio e Diogo Pereira.
Ao intervalo: 2-0.
Golos: 1-0 Leandro Souza (14′), 2-0 Leandro Souza (36′), 3-0 Kaká (51′), 4-0 Nailson (58′), 5-0 Ernest (70′), 6-0 João Vieira (75′), 6-1 Marco (78′).
Disciplina: Amarelo a Cecim (45+2′), Moacir (63′), Mário Jorge (66′).

Texto: José Roque – Diário de Leiria
Foto: Luís Filipe Coito