Ansião e Mirense repartiram pontos na tarde de domingo, num resultado que acaba por se aceitar por aquilo que as duas equipas produziram nos 90 minutos. O Ansião foi mais dominador e teve mais oportunidades para marcar, mas pela frente encontrou uma defesa muito organizado e que dificultou bastante a tarefa dos locais.
O Ansião entrou melhor no encontro, dispôs de algumas oportunidades, mas sem sucesso ao nível da finalização. O Mirense, na segunda vez que foi à baliza ansianense, inaugurou o marcador. Vladylav ganhou o lance ao jovem Nélson, cruzou e aparece Kiko na grande área a cabecear para o fundo das redes, colocando os visitantes em vantagem no marcador.
O golo do empate acabou por surgiu pouco depois (34′), após uma combinação entre Chrystian e Vladimir, com o avançado guineense, perante Rui Simões, a não desperdiçar, fazendo o 1-1.
No segundo tempo, o Ansião voltou a entrar melhor e Vladimir esteve perto do golo na sequência de um cabeceamento que não acertou no alvo. Os locais tiveram sempre o domínio territorial, mas sem conseguir criar grandes oportunidades.
O Mirense, fruto da boa organização defensiva, não permitia muitas veleidades ao ataque ansianense, faltando maior discernimento aos comandados de Ricardo Silva para fazer estragos. Já o Mirense teve o mérito de nunca se desorganizar e a espaços procurou o golo.
Arbitragem bastante positiva de Rafael Marques. Na parte final, a nível disciplinar foi um pouco condescendente, mas deu a sensação de ter sempre o jogo controlado.|

CC Ansião 1
Lionel; Daniel Costa (Marco, 83′), Yuri, Comboio e Nélson (Pedro, 62′); Koné, Diogo Ribeiro e Chrystian; Gonçalo Pimenta, Salvador e Vladimir (Almeida, 80′).
Não jogaram: Pesca, Rodolfo e Joel.
Treinador: Ricardo Silva.

UR Mirense 1
Rui Simões; Samuel, Ezequiel, Cuba e Crespo;Diogo Caetano, Vladyslav, Igor (Diogo Fonseca, 83′) e Popescu; João Matias (Leandro, 61′) e Kiko (Filipe Cândido, 90+4′).
Não jogaram: Tiago Agostinho, Pedro Fojo e Mário.
Treinador: Cabé.

Estádio Municipal de Ansião
Árbitro: Rafael Marques. Assisten-tes: Diogo Bocas e Pedro Pereira.
Ao intervalo: 1-1.
Golos: 0-1 Kiko (22′), 1-1 Vladimir (34′).
Disciplina: Amarelo a Koné (44′), Popescu (55′), Gonçalo Pimenta (57′), Kiko (80′), Cuba (90+2) e Yuri (90+2′).

Texto e foto: Cid Ramos – Diário de Leiria