Na passada tarde de domingo, o Marinhense recebeu e venceu o Beneditense por 2-1, num jogo nem sempre bem disputado, mas que reteve a emoção até final.
Começou melhor o conjunto ‘alvinegro’ que teve o primeiro lance de perigo numa jogada de insistência na esquerda, com Alex Dias a cruzar para Rúben Martins finalizar e, em cima da linha, Fábio Giroto a tirar o golo ao avançado, com uma enorme defesa.
Antes do intervalo, houve ainda oportunidade para Pedro Emanuel abrir o marcador de cabeça, após cruzamento de Alex Dias, mas a bola saiu ao lado, e para Rúben Martins finalizar após um grande passe de Pedro Emanuel, mas para defesa fácil de Giroto.
Ao intervalo, o marcador assinalava um nulo.
Na segunda parte, a equipa de Marco Aurélio entrou mais esclarecida e procurou desde cedo a vantagem, o que conseguiu após cruzamento no lado esquerdo do ataque de Alex Dias em que Pedro Emanuel, com uma cabeçada, colocou a bola no fundo das redes.
A vantagem do Marinhense foi curta, já que a resposta do Beneditense chegou três minutos depois. Grande passe a rasgar de Marcelo Marquês e Justino, com um remate potente, igualou o marcador no Campo da Portela.
O ‘balde de água fria’ fez reagir as hostes ‘alvinegras’, com o Marinhense a ser mais ofensivo desde então. E iria chegar novamente à vantagem por intermédio de Pedro Emanuel. Rúben Coelho ganhou o esférico à entrada da área, fez um primeiro remate e Pedro Emanuel, oportuno, atirou na recarga para o 2-1 final.
Até final, o jogo baixou de ritmo, não se vislumbrando qualquer alteração do marcador, numa partida com uma arbitragem positiva e sem erros de grande influência de Paulo Encarnação.|

AC Marinhense 2
João Guerra, Fred Machado, Pedro Rodrigues, André Sousa, Zé Pedro, Alex Dias (Rúben Coelho, 63’), Pedro Faustino (John Abraham, 71’), Pedro Emanuel, João Paulo, Rúben Martins (Bernardo Lopes, 89’), Nélson Marques.
Não jogaram: Hugo Pinheiro, Marcos Santos, Fábio Silva, Tozé.
Treinador: Marco Aurélio.

Beneditense 1
Fábio Giroto, Diogo Lopes, Guilherme Lopes, Miguel Peralta, Lucas Grilo, Rafael Agostinho, Marcelo Marquês (Rafael Ramalho, 75’), João Noite, André Justino, Asdrúbal, Pedro Patrício.
Não jogaram: Miguel, David Agostinho, Miguel Carmo, Luis Paixão, Bernardo Subtil, João Amaro.
Treinador: Rui Agostinho.

Campo da Portela, Marinha Grande
Árbitro: Paulo Encarnação. Assistentes: Gil Pires e Tiago Ribeiro
Espectadores: 315. Ao intervalo: 0-0.
Golos: 1-0 Pedro Emanuel (53’), 1-1 André Justino (56’), 2-1 Pedro Emanuel (70’).
Disciplina: Amarelo a Pedro Emanuel (76’).

Texto e foto: André Lucas – Diário de Leiria