Numa partida que colocava frente a frente duas equipas que sofreram muitas alterações em relação à temporada anterior, o SC Pombal conseguiu uma vitória justa (1-4) já que foi em grande parte do jogo a melhor equipa em campo e a que mais argumentos mostrou, perante uma Maceirinha que, apesar de organizada e muito voluntariosa, mostrou algumas dificuldades e pareceu órfã de jogadores com experiência.
O jogo começou num ritmo intenso e com as duas equipas a colocarem sempre muita pressão no portador da bola. Apesar da intensidade alta, o jogo não primava pela qualidade, até que Franco falhou um alívio dentro da sua área, com a bola a acabar por ressaltar e bater-lhe no braço. Grande penalidade para o SC Pombal, que António Gonçalves não desperdiçou.
O SC Pombal estava por cima no jogo e pouco depois esteve muito perto de ampliar, com Jair a trabalhar bem em zona central e a rematar ligeiramente ao lado. Mas se o SC Pombal ameaçou, melhor fez a Maceirinha, com Pedro JJ a ter um lance de génio, com um remate colocado e de muito longe, a fazer um grande golo e a restabelecer a igualdade.
Pouco depois, novo lance perigoso para a Maceirinha, com Leal a desviar um livre de Franco. Apesar destes lances, o SC Pombal nunca se intimidou, e com transições de bola rápidas, estava sempre mais perto da baliza adversária. Assim, já depois de Guilherme e Abdel terem ameaçado com lances de muito perigo, aos 44′, Abdel conseguiu mesmo chegar ao golo, num lance em que ficou isolado e, à saída de Pereira, desviou com sucesso para o 1-2.
Em desvantagem, a Maceirinha entrou para a etapa complementar mais autoritária e a procurar assumir mais o jogo.
Com o jogo nesta fase mais ‘partido’, a Maceirinha assumia mais riscos ofensivos, mas, por outro lado, deixava também mais espaço nas costas da sua defesa, o que o SC Pombal procurou explorar. E com sucesso. Aos 75′, Abdel foi travado em falta dentro da área, com Adbel a converter o pontapé de penálti (1-3).
Com o jogo praticamente decidido, e com a Maceirinha a não conseguir mostrar argumentos para conseguir contrariar o SC Pombal, houve tempo ainda para António Gonçalves bisar no seguimento de um canto, em que, de cabeça, fez o 1-4 final.
Arbitragem regular de Bruno Santos, ainda que não isenta de pequenos erros. |

ACR Maceirinha 1
Pereira, Rasteiro, FP, Miguel Filipe (c), Pedro JJ, Pedro Filipe, Franco, Bertolino, João Gomes (Ricardo, 80′), Ascenso, Leal (Rúben, 63′).
Não jogaram: Edu, Ligeiro, Marcelo, Picamilho.
Treinador: Walter Estrela.

SC Pombal 4
Rodolfo, Vicente (Dedé, 89′), Léo, Miguel Cá (c), Camará, Rabi, Rafa Abreu, Abdel (Tião, 80), Jair, Camará, Guilherme (Figo, 76′), António Gonçalves.
Não jogaram: Luís, Cardoso, Vieira, Thales.
Treinador: Fernando Mateus.

Campo do Outeiro, na Maceirinha
Árbitro: Bruno Santos. Assistentes: David Domingos e Bruno Lopes.
Espectadores: 120. Ao intervalo: 1-2.
Golos: 0-1 António Gonçalves (19′, p.), 1-1 Pedro JJ (30′), 1-2 Abdel (44′), 1-3 Abdel (76′, p.), 1-4 António Gonçalves (85′).
Disciplina: Amarelo a Abdel (26′), Bertolino (75′), Ascenso (78′).

Texto e foto: Pedro Almeida – Diário de Leiria