O Caldas averbou, na manhã de domingo, mais uma vitória na série D do Nacional de Iniciados ao vencer, na visita ao Vigor Mocidade, por expressivos 4-0, numa partida em que o nulo prevaleceu até ao intervalo.
A primeira oportunidade surgiu aos 10’, para o Caldas, através de bola parada com Bernardo a salvar em cima da linha de baliza. Aos 19’, o Vigor conseguiu responder e causou perigo por intermédio de João Barroso com Mika a agarrar com segurança.
Os pupilos de Luís Girão estavam bem no encontro e, aos 21’, criaram novamente perigo por João Barroso, que rematou para defesa segura do guardião visitante. Antes do intervalo, ainda houve tempo para o Caldas, em contra-ataque, criar perigo com Edmundo a travar a ofensiva visitante. O Vigor entrou a ‘dormir’ para a segunda metade e logo aos 39’, após um erro de Basílio, Dany fez balançar as redes pela primeira vez.
No lance seguinte, o mesmo Dany bisou no encontro, fez o segundo do Caldas e praticamente resolveu a questão.
Os visitantes estavam por cima do jogo e aproveitaram uma confusão na área conimbricense para ampliar a vantagem, com um tento de Gesteiro (55’). João Barroso ainda tentou reduzir, ao ver o guarda-redes contrário adiantado, mas sem efeitos práticos. Aos 61’, Dany fechou o resultado em 0-4 e completou o seu ‘hat-trick’ no encontro.|

Vigor Mocidade 0
Bernardo, Miranda, Rafa (Tiago, 35’), Basílio, Edmundo, Rolo, Paulo Guilherme (Rodas, 55’), Luís Alves, Tomás Cacoete, André, João Barroso.
Não jogaram: Zé Henriques, Duarte, Gaby Ferreira, Taborda.
Treinador: Luís Girão.

Caldas SC 4
Mika, David, Gesteiro, Santos, Dany, Pinto (Maris, 49’), Batista (Chenel, 35’), Lopes, Barros, Duarte (Adão, 58’), Alexandre (Tomé, 35’).
Não jogaram: Castanheira, Pereira, Kiko.
Treinador: Luís Lopes.

Complexo Desportivo do Vigor
Árbitro: Ivo Ramos (Castelo Branco).
Ao intervalo: 0-0.
Golos: 0-1 Dany (39′), 0-2 Dany (40′), 0-3 Gesteiro (55′), 0-4 Dany (61′).
Disciplina: Amarelo a Miranda (49’) e Adão (59’).