Numa manhã de muito vento, o Peniche recebeu o Fundão, que ainda acalentava esperanças de chegar aos quatro primeiros lugares, mas os homens da casa venceram com toda a justiça por 2-0.
Desde cedo os homens da casa mostraram não querer facilitar e mesmo contra o vento criavam as melhores oportunidades, faltando algum discernimento na hora da decisão final, como demonstra a grande oportunidade da primeira parte, em que João Bernardo, depois de uma grande arrancada, fez um passe milimétrico para o cruzamento de João Ramiro e Fábio não conseguiu encostar para o fundo das redes.
O Fundão usava e abusava do jogo directo, o que lhes foi trazendo algumas dificuldades devido ao forte vento que se fazia sentir.
Depois de uma primeira parte sem golos, o Fundão parecia vir com outra disposição para o segundo tempo, mas não chegou sequer a assustar o guardião Francisco Martins. À passagem do minuto 42, João Ramiro aproveitou o vento que soprava agora a favor dos da casa e na execução de um livre directo, abriu o marcador e trouxe justiça ao resultado.
Logo depois, ao minuto 52′, Miguel Vagos isolado pelo lado esquerdo não conseguiu desfeitear Afonso Serra. O Peniche continuava por cima e, ao minuto 62, João Ramiro foi rasteirado na área. O próprio encarregou-se de executar o penálti, permitindo a defesa ao guarda-redes visitante, mas, na recarga, conseguiu o golo da tranquilidade para os homens da casa,
Justa vitória dos miúdos do mar, que tiveram uma jornada muito positiva, subindo três lugares na tabela classificativa, ascendendo ao sexto lugar.
Arbitragem sem falhas de André Pereira e seus auxiliares.|

GD Peniche 2
Francisco Martins, Sérgio Correia, Mauro Ferreira, Bernardo Ferreira, Guilherme Inácio, Diogo Vieira, André Chagas, João Antunes (CAP), João Ramiro (João Pereira, 64′), Fábio Manuel (Pedro Gonçalves, 35′), Miguel Vagos (Sebastião Thiran, 54′).
Não jogaram: Rafael Pereira, Telmo Fonseca, Genilson Martins e Bernardo Gomes.
Treinador: João Aguiar.

CA Fundão 0
Afonso Serra, Lucas Moura, Afonso Ramos, Dinis Lindeza (Francisco Matos, 54′), João Cruz, Eduardo Brito (Gonçalo Santos, 63′), Rafael Peixoto, André Barros, Flávio Pissarra, Guilherme Alves (Rui Martins, 35′) e Guilherme Paula.
Não jogaram: Pedro Frazão, João Madrinha, Alexandre Rodrigues e Rodrigo Mesquita.
Treinador: André Mendes.

Estádio do Grupo Desportivo de Peniche, em Peniche
Árbitro: André Pereira (AF Lisboa). Assistentes: Nuno Pereira e Telmo Baptista.
Espectadores: 200. Ao intervalo: 0-0.
Golos: 1-0 João Ramiro (42′), 2-0 João Ramiro (62′, p.).
Disciplina: Amarelo a André Barros (27′), Guilherme Paula (64′) e Diogo Vieira (66′). Vermelho directo a Rafael Peixoto (70′).

Texto: Nuno Copa – Diário de Leiria
Foto: FPF