O SCL Marrazes conseguiu uma vitória justa frente à AD Figueiró dos Vinhos (2-1), já que soube aproveitar as oportunidades que dispôs, perante um adversário que só pode queixar-se de si mesmo, pois teve oportunidade de conseguir um resultado diferente.
A jogar em casa e moralizado pela goleada na jornada anterior, o SCL Marrazes entrou forte no jogo, e logo aos 4′, chegou à vantagem. No seguimento de um canto, a bola sobrou para Tala que, com um remate à entrada da área, fez o 1-0.
Em vantagem, o SCL Marrazes não tirava o pé do acelerador e perante uma AD Figueiró dos Vinhos algo surpreendida pelo bom início do seu adversário, foi a equipa de Nélson Sousa quem mandava no jogo e quem estava sempre mais perto de criar perigo.
Só aos 15′, a equipa do Norte do Distrito conseguiu criar algum perigo, com Ivan a rematar de longe, obrigando Marcelo a uma defesa apertada, com a bola ainda a bater na barra da baliza.
Ficava o aviso e pouco depois, o mesmo Ivan, aproveitou uma bola à entrada da área para, com um remate forte, restabelecer o empate.
A partir daqui, o jogo entrou numa toada mais equilibrada, e só mesmo em cima do intervalo, o jogo voltar a ganhar alguma emoção, com Diogo Almeida a obrigar Marcelo a uma defesa apertada para canto. No seguimento do mesmo, Kineta saltou mais alto que toda a gente, levando a bola ainda a raspar na barra da baliza de Marcelo.
A etapa complementar começou com um lance de muito perigo para os homens da casa, mas Nélson Brites, com tudo para fazer o golo, acabou por rematar por cima.
Nesta fase, SCL Marrazes estava novamente por cima do jogo e, aos 60′, Camará, após uma arrancada incrível, foi travado em falta dentro da área por Ferreira. Grande penalidade para os homens da casa, com o recém-entrado Miguel Carvalho a não vacilar e a fazer o 2-1.

Em vantagem, o SCL Marrazes passou a não correr riscos excessivos, pausando mais o seu jogo, e a procurar em lances de contra golpe chegar com perigo à baliza do adversário. Por seu turno, a AD Figueiró dos Vinhos tinha mais bola, mas só em dois lances – já quase no final do jogo -, conseguiu criar verdadeiro perigo. Primeiro foi Jeta que perdeu demasiado tempo quando tinha tudo para criar perigo. Depois, foi Diogo Almeida que, só com Marcelo pela frente, acabou por tentar um toque artístico atrasado para um colega, mas o lance acabou por perder-se.
Já no período de compensação, João André teve um atraso para Marcelo que ficou curto, com Diogo Almeida a conseguir intrometer-se no lance, chocando com Marcelo. Grande penalidade clara para a AD Figueiró dos Vinhos, mas Ivan, na marcação da mesma, não conseguiu enganar Marcelo que, com uma boa defesa, evitou o golo e garantiu mais três pontos para a sua equipa.
Excelente arbitragem do trio comandado por Paulo Encarnação, num jogo em que não se lhe pode apontar uma única falha em matéria relevantes.|

SCL Marrazes 2
Marcelo, Tiaguinho, João André, Diogo José, André Oliveira, Nelson Brites, Conca (c) (Luisito, 74′), Tala (Chiquinho, 63′), Marcelo Carvalho (Miguel Carvalho, 56′), Aliu Camará, Yassin Kalda.
Não jogaram: João Paulo, Filipe Duque, Portugal, Rui Neto.
Treinador: Nélson Sousa.

AD Figueiró Vinhos 1
Guilhas, Flechas (c), Ferreira (Matine Rodrigues, 66′), Kineta, Zé Pedro, Diogo Pimenta, Ivan, Mica Gouveia (Beto, 77′), Rafa (Jeta, 69′), Zé Augusto
Não jogaram: Mica, Xano, Russo, Carlos Martins.
Treinador: Fernando Gonçalves.

Campo Aldeia dos Desportos, em Marrazes
Árbitro: Paulo Encarnação. Assistentes: Gil Pires e Telmo Rodrigues.
Espectadores: 150. Ao intervalo: 1-1.
Golos: 1-0 Tala (4′), 1-1 Ivan (18′), 2-1 Miguel Carvalho (61′, p.).
Disciplina: Amarelo a Diogo Pimenta (41′), Kineta (46′), Ivan (55′), Nélson Brites (66′), Aliu Camará (78′), Diogo Almeida (78′), Marcelo (90′).

Texto e foto: Pedro Almeida – Diário de Leiria