A UD Leiria ascendeu à liderança da série C do Campeonato de Portugal ao vencer o jogo em atraso com o Torreense por 1-2, numa partida em que as más condições do terreno condicionaram a acção das duas equipas, sendo mais feliz os leirienses que garantiram de forma justa a conquista dos três pontos.
O jogo começou intenso, mas foi o Torreense quem se apresentou mais assertivo, contudo com o passar do tempo os leirienses equilibraram e foi mesmo a UD Leiria a ficar mais perto do golo, ao enviar duas bolas ao ferro, vendo ainda um remate de Pepo ser tirado em cima da linha de golo. Em cima do minuto 40 a UD Leiria colocou-se mesmo em vantagem quando João Vieira foi até à linha cruzar para o segundo poste onde apareceu Ernest para marcar. Contudo, no caminho surgiu um defesa da casa com a bola a ficar a pairar junto à linha de golo. Oportunidade perfeita para Carlos Daniel aparecer de forma fulgurante a empurrar para o fundo das redes e a inaugurar o marcador.
A segunda parte foi muito difícil de jogar tendo em conta o estado do relvado. Ainda assim, a 13 minutos do fim, numa fase em que os leirienses pareciam ter o jogo controlado, o Torreense chegou à igualdade num lance que começou com um livre a beneficiar a UD Leiria. A turma da casa recuperou a bola e encetou um contra-ataque concluído com um cruzamento para a área de Rui Batalha, com Pepo a ser muito infeliz ao cortar para a sua própria baliza. Um balde de água fria para os visitantes que até então tinham resistido a todas as investidas dos homens da casa.Já perto do final, a UD Leiria garantiu o triunfo, na sequência de um canto de Pepo em que a defensiva do Torreense não conseguiu cortar, ficando a bola presa no relvado à mercê de João Vieira que rematou a contar. O avançado leiriense acabou por não comemorar o golo, pedindo até desculpa aos adeptos da casa, tendo em conta que representou o emblema de Torres Vedras na época 2013/2014. |

Foto: Vítor Santana