O SC Pombal venceu a Pelariga em dérbi concelhio por 4-0, um resultado surpreendente tendo em conta o bom momento de forma da turma de Marco Ferreira. Os leões foram muito eficazes e alcançaram um resultado robusto, perante uma Pelariga que apenas apareceu no jogo na parte final.
Apesar do resultado desfavorável, a primeira grande oportunidade pertenceu aos locais, com Bajedas a rematar fraco para defesa de Rodolfo. Depois, surgiu o golo dos visitantes com Guilherme a faturar, após belo trabalho individual.
Não demorou muito a aparecer o segundo golo para o conjunto de Fernando Mateus. Guilherme voltou a estar no sítio certo e atirou para o fundo das redes do desamparado João Pedro.
Antes do intervalo, o SC Pombal conseguiu voltar a marcar. Distração da defesa da Pelariga e Guilherme ofereceu o golo a Camará. Ao intervalo, três oportunidades de golo, três golos para os visitantes.
No recomeço da segunda parte, António aumentou para 4-0 a vantagem dos leões. A partir daqui o jogo perdeu alguma qualidade, contudo registo para uma grande defesa de Rodolfo a remate de Simão.
A Pelariga dispôs ainda de uma grande penalidade na parte final da partida, mas Rodolfo defendeu o remate de Zeca. Vitória da melhor equipa em campo, perante uma Pelariga uns furos abaixo do habitual.
Arbitragem bastante positiva de Diogo Amado. Decidiu bem na maioria dos lances.|

GD Pelariga 0
João Pedro; Joel, Digo, Frade e Tenente; Ivo, Zeca, João Pinto (Coimbra, 85′) e Diogo Padeiro (Flávio, 75′); Hugo Eusébio (Simão, 58′) e Bajedas.
Não jogaram: Rodrigo, Jota, Bryan e Tomás.
Treinador: Marco Ferreira.

SC Pombal 4
Rodolfo; Vicente (Dedé, 87′), Leo, Miguel Cá e Paulo Martins; Rafael Abreu, Rabi e Tião (Gilles, 75′); Camará, Guilherme (Airton, 68′) e António.
Não jogaram: Luís, Cardoso, Figo e André.
Treinador: Fernando Mateus.

Campo Dinis dos Pinheiros, Pelariga
Árbitro: Diogo Amado. Assistentes: Hélio Baptista e Flávio Monteiro.
Espectadores:150. Ao intervalo: 0-3.
Golos: 0-1 Guilherme (14′), 0-2 Guilherme (22′), 0-3 Camará (43′), 0-4 António (49′).
Disciplina: Amarelo a Rabi (22′ e 87′), João Pinto (35′), Digo (46′), Diogo Padeiro (48′), Simão (67′) e Miguel Cá (90+2′). Vermelho a Rabi (87′).

Texto e foto: Cid Ramos – Diário de Leiria