A UD Leiria foi multada pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) em 510 euros, devido à “não utilização de jogadores formados localmente”, no jogo frente ao RC Águeda (derrota por 1-0), respeitante à 4.ª jornada do Campeonato de Portugal.
Segundo os regulamentos da competição para a época 2019/2020, “os clubes participantes no presente Campeonato têm obrigatoriamente de inscrever e fazer constar das fichas técnicas dos jogos pelo menos 12 jogadores formados localmente na FPF, independentemente do seu estatuto”.
No jogo em questão, a UD Leiria só fez constar na ficha técnica de jogo 11 jogadores formados localmente, quando deveriam ter sido 12. Tendo em conta esta infracção, a FPF puniu o clube leiriense com uma multa de 510 euros, mas caso a irregularidade se repita no futuro esse montante irá subir substancialmente. Caso a infracção seja cometida pela quarta vez ao longo da época, serão subtraídos pontos.
O jogador formado na localmente é aquele que, entre os 13 e os 21 anos, independentemente da sua nacionalidade e idade, esteve registado por clubes integrados na FPF, de forma continuada ou interpolada, por três épocas completas ou por 24 meses.|

Texto e foto: José Roque – Diário de Leiria