Na tarde bastante chuvosa e ventosa de domingo, Peniche e Nazarenos defrontaram-se num dos dérbis mais apetecíveis do distrito de Leiria.

Começou melhor a equipa da casa, praticando um futebol bonito, baseado numa posse de bola objectiva, tentando sempre explorar as alas, com o intuito de tirar cruzamentos para a área contrária.

À medida que o tempo avançava o domínio do Peniche aumentava e podia mesmo ter inaugurado o marcador na sequência de um canto, não fosse Danilo a negar o golo a Marco Duarte, fazendo uma defesa impossível.

O golo teimava em não aparecer e as equipas iam para o intervalo com sentimentos distintos: o Peniche sentia o peso de não ter materializado em golos o domínio e os Nazarenos com o dever cumprido, pois aguentaram o ímpeto da equipa da casa que jogava com o vento a favor.

Na segunda parte esperava-se que os papéis se invertessem, pois seria o Peniche a jogar contra o vento, mas talvez devido ao esforço da primeira parte, a equipa dos Nazarenos nunca conseguiu impor o seu jogo e o Peniche continuava a dominar e a criar situações de golo com especial destaque para dois remates perigosos de Bruno Francisco, um dos quais acaba por embater na barra da baliza de Danilo.

O marcador teimava em não se alterar e com a expulsão de Samuel aos 70 minutos, os Nazarenos abdicaram por completo do ataque passando-se a jogar apenas no seu meio campo defensivo.

Até ao fim realce para uma boa iniciativa de Gustavo Martins, que é derrubado à entrada da área. Do livre resulta a última oportunidade de golo para o Peniche, com Edilson a cabecear por cima.

GD Peniche     0
Sérgio Nobre, Edgar Jesus, Marco Duarte, Edilson, João Miguel, Luís Pinto, Pidocha (Ruben Sancheira, 25′), Marinho (Gustavo Martins, 70′), Fábio Mateus, Motinha e Edgar Grincho (Bruno Francisco, 68′).
Não jogaram: Ângelo, Abel, Ivo e Raul.
Treinador: Pedro Solá.

GD Nazarenos     0
Danilo, Bruno Vidinha, Niquinha, Samuel, Piri (Pedro, intervalo), Álvaro, Hugo Meca, Chico, Cristiano (Bruno Estrela, 85 min.), Hamilton e Wilson (Ricardo Pombinha, 79 min.).
Não jogaram: Edy, Dário, Afonso e João Ricardo.
Treinador: Mota.

Estádio do Grupo Desportivo de Peniche
Árbitro: António Nobre.
Auxiliares: Luís Sacramento e David Domingos.
Espectadores:200.
Ao intervalo: 0-0.
Golos: Nada a assinalar.
Disciplina: Cartão amarelo a Motinha (14′), Bruno Francisco (80′), Piri (16′), Álvaro (40′), Wilson (55′), Samuel (72 e 74′), Hugo Meca (74′), Hamilton (87′).

Texto: Paulo Neves – Diário de Leiria