Num jogo importante para as duas equipas, o Oliveira do Hospital derrotou o SC Pombal, numa partida em que a vitória assenta bem aos comandados de António Margarido contra uma equipa local que acabou o jogo com apenas nova unidades em campo.

A primeira situação de perigo pertenceu ao conjunto visitante, mas Vítor Nogueira defendeu bem. Os leões do Arunca reagiram e tiveram perto de marcar, mas Igor foi mais rápido e ganhou o duelo nas alturas perante Larry.

Ao minuto 31, erro de Rafinha com a bola a sobrar para Zé Francisco que, perante Vítor Nogueira, não vacilou. Dois minutos depois, Larry esteve perto do empate, mas, isolado, rematou por cima.

Na transformação de um livre apontado por Cané, novamente o Oliveira do Hospital esteve perto do golo, mas o Vitor Nogueira esteve bem. Já perto do intervalo, João Pinto esteve perto do empate, mas Igor voltou a estar em destaque.

No segundo tempo foi novamente o Oliveira do Hospital a criar a primeira situação de perigo por intermédio de Cané. Pouco depois, Zé Francisco obrigou o guarda-redes dos leões do Arunca a uma bela intervenção.

Já em inferioridade numérica, o SC Pombal obrigou Igor a uma bela intervenção após remate de Larry. A perto do apito do final, num rápido contra-ataque dos visitantes, Zé Francisco fez o 0-2. Pouco depois, o melhor jogador em campo, Cané, estabeleceu o resultado final em 0-3.

A arbitragem esteve a um nível irregular e com alguns erros que prejudicaram mais o SC Pombal.

SC Pombal     0
Vitor Nogueira, Rafinha, Pitéu, Miguel Cá e Paulo Martins; André Costa, Rica e Tiago Gomes (Tião,70′); Cristiano, João Pinto e Larry.
Não jogaram: Mocheco, André Ferreira, André Branco e Fidalgo.
Treinador: Fernando Mateus.

Oliv. Hospital       3
Igor; Martinho, Souffo, Cris, Cané, Zé Francisco, André, Roman, Bernardo (Guti, 73′), Luís Pedro e Nuno (Koné, 83′).
Não jogaram: Nuno, Micael, Guti, Pedro André e Ernest.
Treinador: António Margarido.

Estádio Municipal de Pombal
Árbitro: Valdemar Maia (Braga). Auxiliares: César Picas e Joel Vale.
Ao intervalo: 0-1.
Golos: 0-1 Zé Francisco (31′); 0-2 Zé Francisco (87′) e 0-3 Cané (90′).
Disciplina: Amarelo a Romam (7′), Zé Francisco (47′), João Pinto (79′), Pitéu (81′) e André Costa (84′). Vermelho directo a Miguel Cá (63′) e Rafinha (88′).

Texto: Cid Ramos – Diário de Leiria