No passado domingo, o Atouguiense e Alvaiázere proporcionaram uma agradável partida de futebol aos muitos adeptos que se deslocaram ao estádio e não temeram o forte vento que se fez sentir. A formação da casa carimbou a passagem à próxima eliminatória da Taça vencendo por 2-1 e deixando por terra uma equipa da Divisão de Honra.

Começou o Atouguiense, praticando um futebol curto e apoiado, chegando com algum perigo à baliza de João Mendes. Com o passar do tempo, o domínio do Atouguiense acentuou-se e o Alvaiázere não conseguia praticar o seu futebol devido à pressão exercida pelo seu opositor, obrigando a errar bastantes passes nas transições ofensivas.

O encontro caminhava para o fim da primeira parte quando surge o primeiro golo da partida, que, curiosamente, surgiu após uma grande oportunidade desperdiçada pelo Atouguiense. Na sequência do lance, Diogo Teixeira, após excelente desmarcação, rematou de primeira e bateu o guarda-redes João Miguel naquela que foi a única jogada com princípio, meio e fim do Alvaiázere até então.

Na segunda parte e a favor do vento, o Atouguiense procurou desde cedo ir em busca do prejuízo, mas o Alvaiázere mostrou-se mais concentrado e, acima de tudo, mais compacto a defender, pelo que as oportunidades reais de golo não aconteciam.

Após algumas substituições em ambos os conjuntos, o jogo ficou mais intenso e o Atouguiense conseguiu mesmo chegar ao golo por Miguel Ferreira, num excelente remate de cabeça, após cruzamento de Jonathan.

Até ao fim dos 90 minutos o jogo ficou mais partido, mas não houve ocasiões claras de golo em nenhuma das balizas.

No inicio do prolongamento, ficou bastante claro que nenhuma das equipas tinha interesse em levar o jogo para os pontapés da marca de grande penalidade e o jogo mantinha-se numa toada de parada e resposta, com a equipa da casa a chegar àquele que seria o golo da vitória por intermédio de Miguel Ferreira que desembaraçou-se do seu marcador directo e, de primeira, rematou sem hipóteses para João Mendes.

Após este golo o Alvaiázere arriscou mais e expôs-se aos contra-ataques da equipa da Atouguia da Baleia que podia ter ampliado a vantagem por mais duas ocasiões, mas valeram as intervenções de João Mendes.

Sob o apito final, o Alvaiázere ficou perto de marcar quando, após um cruzamento para a área e já com o guarda-redes João Miguel fora da baliza, Raul tirou a bola em cima da linha de golo.

Excelente arbitragem de Pedro Narciso.

GD Atouguiense  2
João, Marco, Bruno Antunes (Telmo Jesus, 65’), Rui Pinto, Edilson, Jonathan (c), Micael Ferreira, Emanuel Caneco, Raul, Tiago Dionisio (Claudio Henriques, 105’) e Adriano Bento (Miguel Ferreira, 57’).
Não jogaram: Gonçalo, Paulo Pinto, João Garcia e Pedro Eustáquio.
Treinador: Paulo Neves.

GD Alvaiázere  1
João Mendes, Hugo Vieira, Pedro Simões (c), Pedro Cotas, Nuno Lopes, Frederico Duarte (André Ramos, 50’), David Costa, Gonçalo Figueira, Diogo Teixeira, Mário Rodrigues (Fábio Ribeiro, 97’) e Diogo Camponez (Ricardo Fernandes, 61’).
Não jogaram: António Dias, David Castelão e Francisco Avalada.
Treinador: Paulo Neves.

Estádio do GD Atouguiense, Atouguia da Baleia
Árbitro: Pedro Narciso.
Ao intervalo: 0-1.
Golos: 0-1 Diogo Teixeira (41’), 1-1 Miguel Ferreira (73’), 2-1 Miguel Ferreira (98’).
Disciplina: Amarelo a Frederico Duarte (46’), Gonçalo Figueira (55’), Jonathan (80’), Telmo (85’) e Marco (107’).

Texto: Carolina Neves – Diário de Leiria