A UD Leiria venceu a Naval por 0-6, um resultado que tem tanto de justo como de frustrante para a formação da cidade do Liz que durante a partida viveu durante largo período na convicção de ter alcançado o apuramento para a fase de subida, todavia, face ao que se passou nos Açores [Operário vs Carapinheirense, 7-1] veio de forma inglória a morrer na praia.

Sem se saber ainda qual será o futuro da Naval, a turma figueirense, com cinco atletas juniores no onze inicial, bateu-se com dignidade e não entrou em facilitismos: no quarto de hora inicial discutiu o jogo colocando várias vezes a defensiva leiriense em sentido.

Os visitantes talvez não contando com o empertigamento figueirense começaram a deixar a ansiedade tomar conta de si, e se bem construíam oportunidades de golo, escreva-se, que mais depressa as desperdiçavam. A excepção à regra foi um remate de Ernest ao minuto 40 que deu vantagem tangencial ao intervalo.

Ondas hertzianas deixam Leiria de cabeça perdida
Quatro minutos após ser retomada a partida Jorginho de cabeça dilatou a vantagem para 2-0 e numa dezena de minutos mais dois golos surgiram assinados por Éder Diego colocando o resultado em 4-0.

Nas bancadas já se festejava o apuramento para a Fase Final, porém, de um momento para o outro surgiram as notícias de um ‘temporal açoriano’ deixando a equipa de Leiria à beira de um ataque de nervos.

Nem o autogolo de Sérgio Grilo nem o tento final de Jorginho já em período de descontos vieram a acalmar a frustração leiriense de se ver a morrer na praia. |

Naval 1.º Maio 0
Igor, Bernardo (André, 67’), Ivan (Jourdan, 59’), Sérgio Grilo (c), Fred, Ladeira, Ari (Murliki, 64’), Flávio, Gil, Sandro, Samba.
Não jogaram: Grácio, Patego, Rodrigo, Baitik.
Treinador: Marinho Serpa.

UD Leiria 6
Ricardo Neves, Filipe Brigues, Anilton Júnior (c), Tony Correia, Káka (Afonso Caetano, 90’), João Coimbra, Éder Diego (Yarmolenko’ 90), Fábio Pereira, André Azevedo, Ernest (Pepo, 71’), Jorginho.
Não jogaram: Wilson, Benny, Dennis, Calila.
Treinador: Rui Amorim.

Complexo Desportivo de Cantanhede
Árbitro: Hugo Silva (Santarém). Assistentes: Gonçalo Antunes e Vítor Cabeleira.
Espectadores: 100. Ao intervalo: 0-1.
Golos: Ernest (40’), Jorginho (49’ e 90+2’), Éder Diego (56’ e 59’, g.p.), Sérgio Grilo (72’, p.b.).
Disciplina: Amarelo a Ivan (58’), Fred (81’), Filipe Brigues (79’), Pepo (85’ e 89’). Cartão vermelho a Pepo (89’), por acumulação.

Texto: Rogério Neves – Diário de Leiria
Foto: Naval