No confronto entre os dois primeiros classificados da Divisão de Honra – com os mesmos pontos -, a vitória sorriu ao GRAP por 0-1, num jogo em que a UD Leiria dispôs das melhores situações para marcar, mas a turma dos Pousos mostrou-se bem mais eficaz, garantindo um triunfo que lhe garante a liderança isolada e o sonho da subida para o campeonato nacional para vez mais perto.

O jogo começou muito equilibrado, com ambas as equipas a quererem chegar à vitória, mas a sucessão de passes errados impossibilitou que tivessem surgido ocasiões de golo. Ainda assim, do lado do GRAP, Jimmy chegou a ameaçar, mas rematou à malha lateral, enquanto do lado da UD Leiria, Biscaia era o elemento mais perigo, tendo desperdiçado uma boa jogada de contra-ataque em que podia ter evoluído com a bola, mas preferiu o remate de pronto, saindo a bola muito ao lado.

E foi o pouco que se viu durante a primeira parte, em que se lutou muito, mas jogou-se pouco.

Na segunda parte, a toada do jogo manteve-se, mas a UD Leiria criou a melhor oportunidade ao longo de todo o jogo quando Biscaia (melhor em campo) isolou Rúben, mas o avançado, na cara de Afonso, viu a bola embater caprichosamente no poste.

Com este susto, o GRAP ‘cresceu’ no jogo e surgiu mais pressionante em termos ofensivo, mas, ainda assim, sem criar reais situações de perigo.

Com a equipa dos Pousos mais adiantada no terreno, a UD Leiria podia aproveitar o contra-ataque para criar perigo e foi assim que voltou a estar muito perto do golo quando Biscaia voltou a isolar Rúben, mas, desta vez, Afonso fez uma excelente mancha e evitou males maiores.

Como quem não marca sofre, na resposta o GRAP chegou ao golo após um passe de rotura extraordinário de Gonça que deixou Mateus em excelente posição com o recém-entrado extremo a rematar cruzado. Fabião ainda conseguiu tocar na bola, mas esta foi embater no poste e aninhar-se lentamente no fundo das redes leirienses.

Até ao final da partida, a UD Leiria ainda tentou responder, mas o GRAP fechou todos os caminhos para a sua baliza e agarrou os três pontos com unhas e dentes.

Quanto à actuação de Joni Correia, o árbitro registou um excelente trabalho, tendo passado despercebido.|

UD Leiria ‘B’ 0
Fabião, Artur (João Cardoso, 67′), Rafa (Zé Rodrigues, 67′), Tomás (c), JP, Pedro Cruz, Gonçalo, Nuno Diniz, Ruben, Norte, Biscaia. Não jogaram: Costa, Bruno, Miguel Rodrigues, David.
Treinador: Rui Silva.

GRAP 1
Afonso, Fred, Lourenço, Duarte, Luís (c), Miguel, João (Pinto, 70+2′), Gonça, Alex (Francisco, 49′), Jimmy (Mateus, 49′), Gui. Não jogaram: Silva, Ricardo, João.
Treinador: Luiz Carlos.

Campo da Mata, em Santa Eufémia
Árbitro: Joni Correia. Assistentes: Eduardo Gomes e Diogo Silva.
Espectadores: 200. Ao intervalo: 0-0.
Golos: 0-1 Mateus (62′).
Disciplina: Nada a registar.

Texto: José Roque – Diário de Leiria
Foto: Rik Marlen