O GRAP está a uma vitória de sagrar-se campeão distrital e subir aos campeonatos nacionais depois da vitória na manhã de domingo perante o Avelarense por 1-0, num jogo em que a equipa da casa teve que suar para garantir os três pontos.

A jogar em casa, o líder GRAP procurou desde cedo tomar a rédeas do jogo, mas cedo se percebeu que pela frente estava uma equipa disposta a discutir o jogo. Privilegiando um futebol directo, o Avelarense criou perigo quando Miguel Fernandes, em boa posição, tentou o remate, valendo o corte no último momento de Duarte.

O jogo seguia numa toada equilibrada até que, aos 24′, o GRAP inaugurou o marcador: Francisco Silva, na sequência de um livre, colocou a bola na área do AC Avelarense, ficando tudo à espera de um desvio que não aconteceu, com a bola a entrar directamente.

O AC Avelarense sentiu em demasia o golo e a forma como o mesmo foi sofrido, e durante alguns minutos tardou em conseguir esboçar uma reacção. A partir daqui, o GRAP passou a ter mais bola, e se às vezes mostrava algumas dificuldades em conseguir ligar os seus sectores, a verdade é que a baliza de Afonso nunca esteve em perigo.

Já na segunda parte, Gonçalo esteve muito perto de ampliar a vantagem, mas, só com Rui Pedro pela frente, acabou por rematar à figura. Pouco depois, foi Alex que ganhou vantagem sobre a defensiva do Avelarense, mas depois, em excelente posição, perdeu demasiado tempo.

Com o jogo a caminhar para o seu final e com muitos nervos dentro e fora de campo, o GRAP foi gerindo o jogo e garantiu assim uma justa e preciosa vitória.

Quanto à arbitragem de Ana Miguel, não esteve isenta de erros, mas sem qualquer influência no marcador.|

GRAP 1
Afonso, Luís Ferreira, Fred, Duarte (Alexandre Pinto, 70′), João, Francisco Silva, Alex, Tiago (Jonny Alves, 70′), Mateus (Jimmy, 45′), Miguel, Gonçalo (c) (Cordeiro, 70′). Não jogaram: Tiago, Pinto, Curado, Rodrigo.
Treinador: Luiz Carlos.

AC Avelarense 0
Rui Pedro, Bernardo, Diogo Hipólito, Ricardo Reis, Duarte (Nuno Faroleiro, 26′), Tiago Henriques (Guilherme, 61′), João Teixeira, Vítor Hugo, Pedro Faroleiro (Fábio, 26′), Tomás, Miguel Fernandes (António, int.). Não jogaram: Ricardo Calado, Rodrigo.
Treinador: Jorge Machado.

Campo da Charneca, nos Pousos
Árbitro: Ana Miguel. Assistentes: Francisco Ferreira e Telmo Rodrigues.
Espectadores: 100. Ao intervalo: 1-0.
Golos: 1-0 Francisco Silva (24′).
Disciplina: Amarelo a Gonçalo (25′), Duarte (25′).

Texto: Pedro Almeida – Diário de Leiria
Foto: Rik Marlen