Na tarde de sábado, a Boavista recebeu e venceu o GRAP por 2-0, num triunfo que lhe garantiu a manutenção na Divisão de Honra.

Numa primeira parte de fraco nível táctico, jogado aos repelões, e sem grandes motivos de interesse, só o forte calor que se fazia sentir não era indiferente. De realce apenas nos primeiros 45′ para um golo (bem) anulado ao conjunto visitante e uma jogada de relativo perigo para a equipa da casa.

A segunda etapa foi mais animada, com a Boavista a entrar com outra disposição. Assim, Francisco Ramos, sozinho dentro da área, atirou por cima quando tinha tudo para inaugurar o marcador.

Na resposta, João Pedro, na recarga a um livre directo, obrigou Diogo Silva a excelente intervenção.Do lado contrário, os boavisteiros foram mais eficazes, e numa iniciativa de Igor Sousa (bela exibição), o jogador soltou depois na esquerda para Francisco Ramos que ultrapassou um adversário, assistindo de seguida João Sapinho que, com um remate cruzado, fez o 1-0.

Com as substituições operadas por Miguel Xavier, os forasteiros subiram mais no terreno e João Luís, já dentro da área, proporcionou a Diogo Silva a defesa da tarde.

O melhor momento da tarde estava reservado para o minuto 79, quando Curica finalizou com êxito num belo golpe de cabeça, magnífica jogada colectiva.

Com o 2-0, os anfitriões uniram-se na defesa do resultado que tanto aspiravam, fechando a sua baliza a sete chaves, numa grande entreajuda entre os seus elementos.

Resultado justo, perante um opositor digno, numa arbitragem de bom nível.

GDR Boavista 2
Diogo Silva, Duarte, Igor Sousa, Tiago Lisboa, Marco Pereira (Azinheira, 85′), Curica, Jorge Pasteleiro, Diogo Ferreira (c) (JP, 58′), João Sapinho (Rodrigo Costa, 85′), Francisco Ramos (Guilherme, 85′) e Reis.
Não jogaram: Ricardo, Diogo Cordeiro e Bruno Silva.
Treinador: Pedro Rafael.

GRAP 0
Renato Cavaleiro, João Marques, João Pedro, Ricardo Conceição, Edgar Almeida (Armando Figueiredo, 74′), Matheus Santos (c), Gonçalo Moniz, Wilson Oliveira (Diogo Rosa, 74′), Carlos Ribeiro (Matheus Santana, 56′), Luís Fonseca (João Luís, 56′) e Jonathan Augusto (Bernardo Ramos, 56′).
Não jogaram: António Fernandes.
Treinador: Miguel Xavier.

Campo do GDR Boavista, na Boa Vista
Árbitro: Tiago Pinto. Auxiliares: Telmo Rodrigues e Daniel Alexandre.
Espectadores: 100. Ao intervalo: 0-0.
Golos: 1-0 João Sapinho (72′), 2-0 Curica (79′).
Disciplina: Amarelo a Ricardo Conceição (46′), Curica (56′), Duarte (72′), JP (90+2′).

Texto e foto: Fábio Osório – Diário de Leiria