O GC Alcobaça segue em frente na Taça do Distrito depois de vencer o Mirense por 0-2, num jogo em que a turma de Mira de Aire dificultou – e de que maneira – a tarefa da equipa do escalão superior.

A jogar em casa frente aos seus associados, entrou melhor o Mirense que, nos primeiros minutos, tentou por várias vezes surpreender o guardião visitante com destaque para o avançado Frazão.

Jogava-se muito a meio campo e os locais, com as linhas defensivas subidas, não permitiam grandes manobras aos atacantes de Alcobaça. Só à passagem dos 27 minutos é que o Ginásio conseguiu uma soberana oportunidade, valendo uma rápida intervenção de um defesa local a tirar a bola ‘in extremis’ sobre a linha de golo.

Ficava o aviso para o que se seguiria, já que, pouco depois, o Ginásio chegou mesmo ao golo após cruzamento na direita de Rui Rodrigues para a pequena área onde surgiu, solto de marcação, o irrequieto Ricky que, de primeira, desviou a bola para o fundo das redes.

O golo sofrido não afectou a equipa de Mira de Aire que reagiu bem, lutou, mas até ao intervalo o resultado não mais se alterou.

Na segunda parte, a toada do jogo alterou-se: o Mirense instalou-se no reduto do Ginásio, que via a bola a rondar a sua baliza, valendo alguma falta de eficácia na finalização dos avançados locais.

Com meia hora ainda por jogar, tudo estava em aberto, mas foi novamente o Ginásio quem dispôs de soberana oportunidade, com André Taveira a provar a boa pontaria ao levar a bola a embater no poste.

Na jogada seguinte, na marcação de um livre de fora da área, o defesa João Silva elevou-se para fazer o 0-2, ‘matando’ praticamente o encontro.

Ambos os treinadores tentaram jogar então com o banco, mas nada se alterou, levando mesmo a algumas picardias indesejadas e alguma ‘confusão’ junto da linha lateral.

Para a história fica o resultado certo num jogo de entrega entre o quarto classificado da Divisão de Honra e o Mirense que é líder da 1.ª divisão distrital.

Trabalho positivo da equipa da equipa de arbitragem.|

UR Mirense 0
Fonseca, Cuba, Crespo (Kevin, 70’), Queiroz, Diogo Caetano (Niné, 70’), Bruno Santos, Fábio Dâmaso, Frazão (Ruben Brás, 65’), e Kiko. Não jogaram: Tiago, Pedro Fojo, Pardal, e Serginho.
Treinador: Cabé.

GC Alcobaça 2
Ruben Lopes, Serginho, Tiago Cerejo, David Marques, João Silva, Leandro Gaspar, Telmo Pereira, Daniel Oliveira (Carlos Marques, 90+2’), Rui Rodrigues (Edgar, 84’), André Taveira (Bruno Daniel, 73’) e Ricky. Não jogaram: Ângelo Martins, André Leitão, João Candeias e Pedro Domingues.
Treinador: Filipe Faria

Estádio Manuel Donato dos Santos Ferreira, em Mira de Aire
Árbitro: Paulo Leitão. Assistentes: Ruben Anjos e Joana Rodrigues.
Ao intervalo: 0-1.
Golos: 0-2 Ricky (32’), 0-2 João Silva (64’).
Disciplina: Amarelo a Frazão (25’), André Taveira (61’), Ruben Lopes (63’), Leandro Gaspar (70’), Fábio Dâmaso (75’), David Marques (88’), Telmo Pereira (50’ e 90’), Kiko (90’). Vermelho por acumulação a Telmo Pereira.

Texto e foto: Fernando José – Diário de Leiria