O Caldas somou o sexto jogo consecutivo sem perder ao empatar sem golos no terreno do ‘aflito’ Alcaíns. Numa partida fraca e com poucas oportunidades, somaram mais um ponto na luta pela manutenção.
Os primeiros minutos mostraram duas equipas com muitas cautelas, pelo que as oportunidades de golo foram uma miragem. Ainda assim, o Alcaíns mostrava-se mais inconformado, mas rapidamente os visitantes equilibraram a partida.
Só aos 38 minutos é que surgiu uma verdadeira oportunidade de golo, e esta pertenceu ao Caldas após um grande passe de André Simões para Rafael Silveira, com o avançado a desviar de cabeça ao lado da baliza.
A segunda parte foi mais do mesmo, mas o primeiro sinal de perigo pertenceu ao Alcaíns quando Peter cruzou para a área onde apareceu Fábio Sousa a desviar de cabeça a centímetros do poste.
A partida voltou a entrar numa toada desinteressante e nem o remate de longe de Marcelo para defesa para canto de Fábio conseguiu ‘aquecer’ a tarde.|

CD Alcaíns 0
Fábio Mendes, Sunday, Alex Miguel, Nuno Ramos, Kaba, Abudu, Miguel Rebelo (Yero, 59′), Samuel Cruz (Landry, 75′), Fábio Sousa, Iago, Peter (Edema, 89′).
Não jogaram: Igor Alves, Diogo.
Treinador: Leandro Monteiro.

Caldas SC 0
Luís Paulo, Juvenal, Militão, Rui Almeida, Cascão, Paulo Inácio (André Santos, 89′), André Simões, Luís Farinha, Ednilson (Nuno Januário, 76′), Hugo Neto (Marcelo, 65′), Rafael Silveira.
Não jogaram: Rui Oliveira, Pedro Gaio, Passuco, Bernardo.
Treinador: José Vala.

Campo de jogos António Coelho Trigueiros de Aragão, em Alcaíns
Árbitro: Hélder Carvalho (AF Santarém). Assistentes: Rui Ferreira e João Faria.
Disciplina: Amarelo a Rui Almeida (63′) e Peter (89′).

Texto: Renato Santos – Diário de Leiria
Foto: Joel Ribeiro