A Academia de Futebol Costifoot, em Outeiro da Fonte, fundada pelo antigo guarda-redes Paulo Costinha, recebe, amanhã, às 13h30, o Desfibrilhador Operacional Conectado (DOC). Trata-se de um equipamento de cardio-protecção com monitorização 24 horas por dia, com ligação directa a um operacional da Cruz Vermelha Portuguesa e chamada automática para os serviços de emergência e geo-localização, via GPS, do local da vitima.
A pareceria entre a Costifoot e a Almas Industries prevê, além da entrega do equipamento, a formação em suporte básico (SBV) e desfibrilhação automática externa (DAE), que será ministrada amanhã por um formador da Cruz Vermelha Portuguesa a treinadores e outros membros da Academia.