O GRAP tinha na tarde de ontem um duro teste à sua liderança frente a um Guiense repleto de jogadores de qualidade e com um treinador que tão bem conhece a formação dos Pousos. Contudo, o GRAP passou no ‘exame’ com distinção, garantindo uma vitória sofrida (3-1) mas justa, carimbada nos minutos finais.
O jogo começou entretido, com o GRAP a entrar melhor ao criar duas grandes ocasiões para marcar. Na primeira, de livre, Dany Marques obrigou Sérgio a uma grande defesa, depois foi Pedro Domingues que se antecipou ao guardião da Guia e cabeceou a centímetros do poste.
A resposta do Guiense surgiu através de uma boa jogada colectiva, concluída com um remate de André Félix pouco por cima da barra.
A partir daqui o Guiense surgiu em campo mais autoritário e perigoso, mas foi o GRAP quem chegou ao golo após cruzamento de Fábio Pedro com Dany Marques a desviar para o poste, com a bola a parar novamente nos pés do avançado canarinho que só teve que empurrar para a baliza deserta.
O Guiense não conseguiu reagir ao golo sofrido e perto do intervalo voltou a ser o GRAP a criar perigo quando Dany Marques rematou em jeito para grande defesa de Sérgio.
Na segunda parte, a partida foi sempre muito equilibrada e sem oportunidades claras de golo para qualquer uma das equipas. Esse equilíbrio só foi desfeito a 12 minutos do fim quando Camará foi lançado em velocidade e com a ponta da bota antecipou-se a Mocheco, restabelecendo a igualdade.
A resposta do GRAP não tardou já que após cruzamento de Lagoa, a bola passou por toda a gente até chegar aos pés de Vieirinha que, perto da quina da área, atirou uma ‘bomba’ que só parou no fundo das redes.
Em cima do minuto 90, o GRAP beneficiou ainda de um pontapé de penálti por falta sobre Vareta, com Dany Marques a aproveitar para bisar na marca dos 11 metros.
Arbitragem irregular de Rafael Jorge, principalmente a nível disciplinar. |

GRAP 3
Mocheco, Lagoa, Lomba (c), Fábio Martins, Vieirinha, Migas, Fábio Pedro (Benny, 61′), Luisito, Dany Marques, Pedro Domingues (André Amores, 90+1′), Cédric (Vareta, 80′).
Não jogaram: Rui Pedro, Gabriel, Pedro Manso, Francisco Reis.
Treinador: Marco Aurélio.

GD Guiense 1
Sérgio, Tiago Clemente, Ricardo Pontes, Nélson Marques, André Oliveira, Tiago Grilo (Ricky, 88′), João Pinto, André Félix (c), Cajó, Camará, André Duarte (Gato, 73′).
Não jogaram: Zézito, Damien, Fábio, Diogo Grilo.
Treinador: Carlos Ribeiro.

Campo da Charneca, Pousos
Árbitro: Rafael Jorge.
Assistentes: Miguel Pires e João Santos.
Espectadores: 150.
Ao intervalo: 1-0.
Golos: 1-0 Dany Marques (21′), 1-1 Camará (77′), 2-1 Vieirinha (86′), 3-1 Dany Marques (90′, p.).
Disciplina: Amarelo a Luisito (57′), Cajó (62′), Pedro Domingues (69′), Nelson Marques (70′), Cédric (76′), Migas (90+1′).

Texto e foto: José Roque – Diário de Leiria