O Caldas protagonizou mais um capítulo numa senda recente de maus resultados, em que a turma de José Vala somou o quinto jogo consecutivo sem conhecer o sabor da vitória. Frente ao Benfica e Castelo Branco, o Caldas perdeu por 0-2 num jogo em que os albicastrenses foram mais eficazes e pragmáticos.
Os primeiros minutos foram desinteressantes, com muita disputa de bola a meio-campo e sem ocasiões de perigo. Assim, a primeira oportunidade de golo apareceu ao minuto 20 e para os albicastrense quando Daniel Rodriguez ganhou a linha de fundo e cruzou para Clayton que, em boa posição, atrapalhou-se com a bola e permitiu a Juvenal limpar o lance. Pouco depois surgiu mesmo o golo dos visitantes, após uma boa jogada de combinação no lado esquerdo, com Celsinho a servir Rafa Pinto que rodou para a baliza e atirou rasteiro para o golo inaugural.
A partir daqui o Caldas tentou reagir e começou a acercar-se da área contrária criando alguns lances de perigo. A melhor oportunidade para os caldenses foi quando Leandro Vilas Boas tentou um toque de calcanhar após lance de insistência, mas André Caio fez uma grande defesa.
Na segunda parte, os albicastrense entraram forte e cedo chegaram ao golo num lance de contra-ataque em que Stevy ganhou na raça e perante Luís Paulo, o avançado contornou o guardião caldense e atirou para a baliza deserta para o 0-2.
A resposta do Caldas foi imediata, com Bernardo Rodrigues, na cobrança de um canto, a acertar na barra da baliza contrária.
A partir daqui o jogo ficou repartido, com o Caldas a subir as linhas, enquanto os albicastrenses tentavam aproveitar os espaços concedidos para voltar a marcar. Nesse sentido, o jogo foi-se arrastando até ao final e, no período de compensação, foram os visitantes a ficarem perto do golo quando Kalunga surgiu isolado, mas Luís Paulo fez uma enorme defesa.|

Caldas SC 0
Luís Paulo, Juvenal, Militão (c), Pedro Gaio, Luís Farinha, Paulo Inácio (Marcelo, 82′), Bernardo Rodrigues (Bruno Eduardo, 66′), Pedro Faustino (Hugo Neto, 56′), Leandro Vilas Boas, Nuno Januário, João Rodrigues.
Não jogaram: Rui Oliveira, Yordi, Ruca, Passos.
Treinador: José Vala.

SB Castelo Branco 2
André Caio, Daniel Rodrigues, Pedro Eira, Leo Araújo, Celsinho, Miguel Campos, Murilo, Zézinho, Rafa Pinto (Diogo Silva, 61′), Clayton (Kalunga, 76′), Stevy (Gazela, 85′).
Não jogaram: Miguel Assunção, André Cunha, Iko Caetano, Babia Issouf.
Treinador: Pedro Barroso.

Campo da Mata, Caldas da Rainha
Árbitro: Hélder Carvalho (AF Santarém). Assitentes: Rafael Escudeiro e Rui Ferreira.
Ao intervalo: 0-1.
Golos: 0-1 Rafa Pinto (28′), 0-2 Stevy (49′).
Disciplina: Amarelo a Pedro Barroso (4′), Luís Farinha (43′), João Rodrigues (72′), Nuno Januário (78′), Juvenal (80′), Marcelo (86′).

Texto: Renato Santos – Diário de Leiria