O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol abriu um processo ao Fátima SAD que sofreu uma derrota na secretaria, uma subtracção de três pontos e 510 euros de multa pela falta de comparência ao Campo da Mata para jogar com o Caldas, para o Campeonato de Portugal (CP).
O clube mais castigado foi o GRAP (série E), que perdeu na deslocação ao terreno do Marinhense (0-3) e recebeu uma multa conjunta de 1.836 euros pelo atraso no início ou reinício do jogo (51 euros), pela ausência de médico ou enfermeiro ou fisioterapeuta (765 euros) e pela não utilização de dois jogadores formados localmente (1.020 euros).
Depois da Taça de Portugal, o CP regressa no próximo fim-de-semana.|