Texto e foto: José Roque – Diário de Leiria

O GRAP foi afastado da Taça de Portugal ao perder por 1-4 frente ao Cova da Piedade, da II Liga, num jogo marcado pela lesão grave do veterano Edinho.
Os primeiros minutos foram de domínio intenso do Cova da Piedade, mas sem que a formação da margem Sul conseguisse criar uma real situação de perigo. Foi mesmo o GRAP a estar perto do golo quando Vareta aproveitou uma desatenção da defesa contrária para ficar isolado, mas o avançado, na cara do golo, adiantou demasiado a bola e permitiu a defesa a Iuri.
A primeira oportunidade digna desse nome para o Cova da Piedade surgiu apenas aos 33′ através de um cabeceamento em boa posição de Miguel Rosa para defesa segura de Ângelo.
Com um bloco baixo bastante concentrado e organizado, o GRAP foi controlando o futebol ofensivo do seu adversário, conseguindo levar o nulo até ao intervalo.
Na ida para os balneários era bem audível o desagrado do técnico visitante António Pereira com o nulo e o desempenho da sua equipa, e na segunda parte o Cova da Piedade entrou mais objectivo, deixando uma primeira ameaça por Edinho, para depois chegar mesmo ao golo num lance confuso e concluído pelo avançado de 38 anos.
Pouco depois foi o guardião Ângelo, com a ajuda da barra, quem impediu o cabeceamento com selo de golo de Gonçalo Maria.
Com o passar do tempo, os homens dos Pousos começaram a ressentir-se do esforço com o Cova da Piedade a aproveitar para dilatar pelo inevitável Edinho ao cabecear certeiro após cruzamento de Cele.
De seguida aconteceu o momento do jogo: o Cova da Piedade beneficiou de um penalti que Edinho bateu para assinar o ‘hat-trick’, mas Ângelo defendeu, com ambos os jogadores a chocarem na recarga. Este choque acabou por levar à fratura da tíbia e do perónio do internacional português, tendo sido transportado para o hospital de Leiria.
Depois de uma longa pausa o jogo prosseguiu, tendo surgido mais três golos no período de compensação. Gonçalo Maria bisou para o Cova da Piedade e Daniel Pinto fechou a contagem em 1-4 após bom lance individual de Ronaldo.
Arbitragem muito positiva do trio de Santarém.|

GRAP 1
Ângelo Martins, Yago, João Capão, Chico, Denilson, Carlos Branco, Luisinho (c) (Daniel Pinto, 74′), Pedro Lima, Bacar Sanhá (Filipe Moreira, 67′), Vítor Pedro, Marcos Vareta (Ronaldo, 84′).
Não jogaram: Gonçalo Carmelo, Daniel Gregório, Busqueti.
Treinador: Ricardo Monsanto.

CD Cova da Piedade 4
Iuri, João Amorim, Bruno Bernardo, Zarabi, Filipe Maio, Thabo Cele, João Patrão, Pepo, Miguel Rosa, Gonçalo Maria, Edinho (c) (Arnold, 84′).
Não jogaram: Cléber Santana, Chen, Gonçalo Tavares, Yan Victor, Hugo Machado, Balogun.
Treinador: António Pereira.

Campo da Charneca, Pousos
Árbitro: João Bento (AF Santarém).
Assistentes: Carlos Covão e Pedro Felisberto.
Ao intervalo: 2-1. Espectadores: 0.
Golos: 0-1 Edinho (52′), 0-2 Edinho (65′), 0-3 Gonçalo Maria (45+4′), 0-4 Gonçalo Maria (90+7′), 1-4 Daniel Pinto (90+9′).
Disciplina: Amarelo a Bacar Sanhá (26′), Edinho (43′), Zarabi (45+1′), Daniel Pinto (75′).