Em assembleia geral extraordinária realizada na noite desta quarta-feira, e que contou com a presença de mais de 80 associados, o presidente do GRAP, Carlos Borges, pediu a demissão do cargo, passando o clube agora a ser gerido por uma comissão administrativa, até que sejam eleitos novos corpos sociais no clube.

Foto: LFC – Diário de Leiria