Texto: José Roque – Diário de Leiria / Foto: Luís Filipe Coito

Cada vez mais líder. Depois da vitória de ontem, a UD Leiria parece estar ‘confinada’ no topo da classificação, ao bater o Benfica e Castelo Branco por 1-0. Os albicastrenses foram os únicos que conseguiram bater a turma do Lis esta época, mas desta feita foi Rui Gomes quem serviu a ‘vingança’ ao marcar o único golo do triunfo unionista.

O jogo foi sempre muito equilibrado, intenso e de parada e resposta, com ambas as equipas a mostrarem disponibilidade para chegar com perigo à área contrária. Nesse capítulo foram os albicastrenses os primeiros a deixarem um sério aviso após um excelente trabalho de combinação na direita do ataque que culminou num remate de primeira de Murilo, em posição privilegiada, com a bola a passar perto do poste.

Pouco depois foi Francisco Caetano quem desequilibrou na direita do ataque, obrigando Fábio Ferreira a defesa apertada para canto.

Até ao intervalo, as equipas foram partilhando o domínio, com ligeiro sinal mais da UD Leiria que, ainda assim, nunca o conseguiu materializar numa clara oportunidade de golo.

Na segunda parte, a UD Leiria entrou mais ‘mandona’, perante um Benfica a jogar na expectativa e atrás da linha da bola. Ainda assim, foram os visitantes a deixar a primeira ameaça quando Francisco Caetano, em boa posição, rematou por cima. Na outra área foi Badará quem esteve mais activo, mas as tentativas de cabeceamento nunca tiveram o destino desejado.

A meio da segunda parte, o Benfica e Castelo Branco criou a sua melhor oportunidade numa transição ofensiva concluída com um remate na passada de Murilo para uma defesa do outro mundo de Fábio Ferreira para canto.

Na resposta, a UD Leiria mostrou eficácia máxima. Primeiro foi Renato Alexandre que, isolado, permitiu uma grande defesa a André Caio, mas, na insistência, o remate forte e colocado de Rui Gomes não teve defesa possível, pelo que a bola só parou no fundo das redes.

Dois minutos depois, Rui Gomes podia ter bisado, mas depois de ter tirado um adversário do caminho, o extremo rematou muito por cima quando podia ter feito bem melhor.

De seguida, foi novamente a UD Leiria a criar perigo numa transição que culminou num remate em arco de Andrezinho, para uma defesa soberba de André Caio para canto.

Até ao apito final, os visitantes tentaram de todas as formas chegar à área contrária, mas a UD Leiria mostrou-se sempre muito organizado nas tarefas defensivas.

Arbitragem muito competente do trio de Santarém.|

UD Leiria             1
Fábio Ferreira, João Dias (c), Dénis Martins, Diego Galo, Pedro Henriques (Diogo Marques, 88’), Babanco, Andrezinho, Iddriss, Renato Alexandre (Bryan, 90+2’), Rui Gomes (Afonso Caetano, 79’), Badará (Nilo, 90+2’).
Não jogaram: Filipe Semedo, Lucas, Sunday.
Treinador: Hélder Pereira.

SB Castelo Branco           0
André Caio, Daniel Rodriguez, Miguel Campos, Bruno Rafael, Bruno Pereira, Guilherme Campos, Murilo, Clayton Leite (Júlio Alves, 83’), Francisco Caetano (Miguel Lopes, 75’), Kalunga (Lucas Reis, 75’), Amadu Turé.
Não jogaram: Miguel Assunção, Babia Issouf, Miguel Abreu, Diogo Preto.
Treinador: Pedro Barroso.

Estádio Dr. Magalhães Pessoa, Leiria
Árbitro: Rui Soares (AF Santarém).
Assistentes: Pedro Gorjão e Rui Mendes.
Ao intervalo: 0-0.
Golos: 1-0 Rui Gomes (70’).
Disciplina: Amarelo a Kalunga (50’).