A Marinha Grande está entre os seis concelhos que não avançam, mas também não retrocedem, no terceiro plano de desconfinamento que entrou em vigor na passada segunda-feira na sequência da pandemia.
Nesse sentido, os clubes das mais diversas modalidades que tenham sede no concelho vidreiro não podem retomar os treinos, nem tão pouco regressar à competição.
No que diz respeito à Divisão de Honra distrital de futebol sénior, há dois clubes que estão impedidos de treinar e jogar: o Marinhense B e o ID Vieirense. Ou seja, ambos os emblemas não vão disputar os seus jogos da 7.ª jornada no dia 2 de Maio, o mesmo acontecendo no fim-de-semana seguinte, já que ambos os emblemas vão precisar de tempo para fazer uma espécie de pré-temporada.
Além disso, os clubes terão de aguardar para que na próxima semana o governo anuncie que o concelho da Marinha Grande entra finalmente na terceira fase de desconfinamento. Caso isso não aconteça, e os clubes fiquem impedidos de treinar, fica criado um imbróglio competitivo, em que a Associação de Futebol de Leiria teria de arranjar uma solução para “minimizar os estragos”.

Diário de Leiria