Condeixa e Marinhense empataram, ontem à tarde, a uma bola no Estádio Municipal condeixense, em jogo da ronda 2 da série 5 da Prova de Apuramento para a Liga 3.
A estreia caseira do Condeixa não começou da melhor maneira. O golo de André Sousa, logo ao minuto 6, é soberbo. Um ‘tiro’ de muito longe e descaído para a esquerda do médio visitante que só parou no fundo das redes.
O Marinhense, que vinha de uma pesada derrota diante do Alverca (3-0) ganhou motivação extra e pouco espaço deu ao ataque caseiro. O empate acabou por ficar perto somente no seguimento de um canto, com Mateus Lima a rematar e a bola a sair muito perto do poste. Em zona frontal, Miguel Baptista tentou a sua sorte, mas errou o alvo.
Aos 24’, eis que uma brecha se abriu na defesa visitante, Veiga disparou em velocidade e foi travado na área por Gustavo. Da marca dos 11 metros, Ataíde Júnior repôs a igualdade. E num ápice o cenário piorou para os visitantes, com guardião Tomás Bozinovski a cortar o lance com a mão fora da área, recebendo ordem de expulsão (29’). O certo, é que mesmo com 10, a turma da Marinha Grande foi muito consistente a defender.
Ao Condeixa faltou acutilância ofensiva até ao intervalo e a tendência manteve-se no reatamento. Vitor Nogueira passou a ser um espectador e ao longe viu uma belíssima jogada de Léo Teixeira que não teve finalização na área e um belo trabalho de Ataíde Júnior que terminou com remate à figura.
A bola esbarrava na muralha defensiva visitante que ficou ainda mais sólida após a expulsão de Miguel Velosa, aos 74’. Mesmo com mais dois elementos, o Condeixa teve somente uma situação para marcar, aos 82’, com o cabeceamento de Yago Cariello à “quina” da baliza.
Um ponto para cada lado, com sabores bem distintos.|

C. Condeixa 1
Vitor Nogueira, Miguel Oliveira (Miguel Melo, 73’), Tiago Crachat (Rentería, 84’), Mateus Lima, Beato, Tony Correia, Rui Rodrigues (Gonçalo Chaves, 65’), Tiago Veiga (Bernardo, 84’), Ataíde Júnior, Léo Teixeira, Yago Cariello.
Não jogaram: Rui Carvalho, Meireles, Sandino.
Treinador: Rui Amorim.

AC Marinhense 1
Tomás Bozinovski, Miguel Vinagre, André Sousa, Gustavo, Cláudio Ribeiro (Jair Mosquera, 31′), Miguel Velosa, Miguel Baptista (Roberto, 77’), Abdul Seidi (Joaquim, 77’), Arthur Sananduva, Leonel Alves, Jean Sinisterra (João Silva, 66’).
Não jogaram: Diogo Vieira, Igor Sevivas, João Mendes.
Treinador: Pedro Gandaio.

Estádio Municipal de Condeixa
Árbitro: Tiago Sá (AF Porto). Assistentes: Fábio Rodrigues e Nuno Sá.
Ao intervalo: 1-1.
Golos: 0-1 André Sousa (6′), 1-1 Ataíde Júnior (25′, p).
Disciplina: Amarelo a Jean Sinisterra (18’), Miguel Velosa (27’ e 72’), Beato (55’) e Tiago Crachat (65’) e Jair Mosquera (90’). Vermelho directo a Tomás Bozinovski (29’) e por acumulação a Miguel Velosa (72’).

Texto: Ricardo Ferreira Santos – Diáiro de Leiria
Foto: C. Condeixa