No dia em que foi oficializado no Wisla Pulawy, da Polónia, e em que assinou o seu primeiro contrato profissional, o Futebol Distrital de Leiria esteve à conversa com Pedro Gaio, o polivalente jogador, que neste mês de janeiro, trocou o Caldas Sport pelo Wisla Pulawy, em busca do sonho de ser profissional.

Futebol Distrital de Leiria: Depois de 4 temporadas ao serviço do Caldas SC, o que te levou a aceitar este projecto e a rumares à Polónia?
Pedro Gaio: Decidi aceitar este projeto porque achei que era altura de sair da minha zona de conforto e porque gostei muito do projeto apresentado pelo Wisla Pulawy. Achei que era altura de procurar singrar no futebol fora do país porque em Portugal é muito complicado. Os clubes das primeiras ligas dão mais valor aos jogadores de fora.

FDL – Sendo ainda uma transferência recente e como tal prematuro fazer uma avaliação, do que viste nestes poucos dias, que impressão tens para já do clube e do futebol polaco?
PG: O clube apresenta umas condições incríveis e é muito profissional. Um excelente sítio para dar progresso a minha evolução como jogador, e como pessoa também me faz crescer. O futebol polaco é muito diferente do Português, porém estou a adaptar me bem e espero poder contribuir com tudo aquilo que sei fazer e aprendi em Portugal.

FDL – A nível individual, quais os teus objectivos para esta temporada?
PG – Individualmente espero afirmar me na equipa e conseguir levar o clube ao topo da liga. Espero também dar nas vistas.

FDL – A nível colectivo, o clube encontra-se no 10.ºlugar. Podemos depreender que lutam para um campeonato tranquilo, longe dos lugares de despromoção, ou podem ambicionar a mais?
Este clube tem muita ambição. Todos os clubes jogam sempre para ganhar,e como é óbvio nós não fugimos à regra. Daremos o nosso melhor para conseguir terminar o campeonato no melhor lugar possível.

FDL – Agora que te tornaste profissional, que recomendações podes dar aos muitos jovens do futebol distrital de leiria que sonham também um dia chegar ai?
PG – As recomendações que posso fazer é que nunca desistam daquilo que querem e que lhes dá vida, mesmo quando muitos não acreditam. Acreditar em nós próprios e trabalhar muito e mais a cada dia que passa, o resto acontece naturalmente!