Numa tarde de Inverno, o jogo começou num ritmo lento, com as duas equipas mais na expectativa e sem procuraram forçar muito o ritmo de jogo. Bola cá, bola lá, os minutos iam-se passando, sem que as ocasiões de golo surgissem, para desânimo dos muitos espectadores presentes na partida. Até que aos 32′, num lance confuso, e aparentemente inofensivo, uma bola à entrada da área do AC Marinhense B, acaba por ressaltar num defesa da equipa da casa, e sem que se percebe bem como e quem, acaba no fundo da baliza das redes de Tiago Santos. Em desvantagem, o Marinhense B procurou reagir, mas o resultado não se alteraria até ao intervalo.
A etapa complementar começou na mesma toada, ou seja, o Marinhense B a procurar reagir à desvantagem, perante uma equipa da UD Serra, que ia procurando gerir a sua vantagem, mas sem nunca descurar a procura de contra-ataques rápidos. Apesar disso, o jogo continuava desinteressante e com muito poucas, ou nenhumas, ocasiões de golo. Seguia o jogo nesta toada morna, quando aos 68′, o capitão Dinis, aproveita um livre directo, e com um remate rasteiro faz o golo e empata a partida no campo da portela. O empate, não agradava a nenhuma das equipas, mas estranhamente, o jogo continuou num ritmo lento, com as duas equipas encaixadas e sem que até ao seu término, sem tenha assistido a uma única ocasião eminente de golo.
Empate justo, num jogo em que as equipas se mostraram algo acomodadas e sem nunca procurarem forçar o ritmo lento a que se assistia.
Num jogo fraco e sem casos, boa arbitragem de Felipe Mendes, num jogo fácil de dirigir, mas onde também nunca complicou.|

AC Marinhense ‘B’ 1
Tiago Santos, Rúben Martins, Luís Oliveira, João Vítor, Bryan, Vasco (Rudi Coelho, 81′), Francisco, Dinis (c), Xico, André Jorge (Castro, 90′), Zé (Guilheme Norte, 63′).
Não jogaram: Jorge.
Treinador: Leandro Falé.

UD Serra 1
Makê Pedroso, Pedro Gordo, Celso, João Carlos, Patrick, Matias, iPereira (c), Pedro Marcelino, Dany Marques, Tiago (Camará, 75′), Sandro.
Não jogaram: Alexandre, Vinícius, Nuno Reis, Rodrigo, Olek, Jonhatan.
Treinador: Carlos Jorge.

Campo da Portela, na Marinha Grande
Árbitro: Felipe Mendes.
Espectadores: 200.
Ao intervalo: 0-1.
Golos: 0-1 ag (32′), 1-1 Dinis (68′).
Disciplina: Amarelo a João Carlos (45′), Zé (56′), Guilherme Norte (88′).

Texto e foto: Pedro Almeida – Diário de Leiria