Num jogo desinteressante, próprio de duas equipas que têm o seu campeonato definido, o Marrazes recebeu e venceu com justiça a UR Mirense por 2-0.
O Marrazes entrou a todo o gás e, logo aos 10′, João Duarte, de livre directo, obrigou Mário Robalo a uma defesa apertada para canto. Sem tirar o pé do acelerador, aos 14′, e no seguimento de um canto de Pedro Filipe, Yassine Kalda desviou e fez o golo inaugural.
Aproveitando o espaço que a defensiva da UR Mirense foi deixando nas suas costas, o Marrazes continuava a criar muito perigo, e aos 23′, Tiago Sobreira isolou-se, mas acabou por perder muito tempo e permitiu o corte para canto. Pouco depois, foi Simão que se isolou, mas Mário Robalo tem uma intervenção corajosa e evita males maiores.
Nesta fase, o Marrazes era dono e senhor do jogo e, aos 31′, em mais uma bola nas costas da defensiva, Pedrosa isolou-se, e com tudo para fazer o golo, rematou muito por cima.
Só aos 39′, surgiu o primeiro lance de perigo para a UR Mirense, com Allain Lino, num cruzamento/remate, a obrigar Marcelo a uma defesa atenta.
Para a etapa complementar, a UR Mirense fez alguns ajustes e conseguiu equilibrar a partida, com oportunidades para as duas equipas. O jogo entrou então numa fase de muitas quezílias e com muitas pausas, o que o foi tornando ainda mais desinteressante.
Até que, aos 81′, Lukas Dionísio tirou um ‘coelho da cartola’, e com um remate de muito longe fez um grande golo (2-0) e decidiu de vez a partida.
Vitória justa do Marrazes que, na etapa inicial, dispôs de várias oportunidades de golo feito, frente a um Mirense que melhorou muito na etapa complementar, mas não mereceu sair de Marrazes com pontos.
Quanto à arbitragem, e num jogo em que os jogadores não facilitaram, Emanuel Cardoso cometeu muitos erros e teve um critério difícil de entender. Terá ficado por marcar um penálti óbvio a favorecer a UR Mirense.|

SCL Marrazes 2
Marcelo Sousa, Tiago Clemente (c), Chiquinho (Aniceto, 88′), Lucas Barros, Pedro Filipe, Pedrosa, André Fonseca, Simão (Lukas Dionísio, 60′), Tiago Sobreira, João Duarte, Yassine Kalda (Tomás, 88′). Não jogaram: Tomás Sousa, Miguel Carvalho, Dani, André Bujaca.
Treinador: Carlos Ribeiro.

UR Mirense 0
Mário Robalo, Luís Duarte, Diogo Fonseca, Diogo Caetano (c), Marinho, André Formiga, Ailson Moreira, Allan Lino, Felipe Alves (Pedro Santos, int.), Francisco Carreira, José Correia (Felipi Rigoleto, int.). Não jogaram: Renato Taborda, Afonso Major, Guilherme Inácio, Smith.
Treinador: Miguel Pinto.

Campo da Aldeia dos Desportos, em Marrazes
Árbitro: Emanuel Cardoso. Assistentes: João Caçoila e Sandro Guerra.
Ao intervalo: 1-0. Espectadores: 120.
Golos: 1-0 Yassine Kalda (14′), 2-0 Lukas Dionísio (81′).
Disciplina: Amarelo a Allan Lino (18′), Ailson Moreira (43′ e 81′), Yassine Kalda (79′), Lucas Barros (81′), André Fonseca (89′), Filipe Rigoletto (90′). Vermelho por acumulação de amarelo a Ailson Moreira (81′). Vermelho directo a Luís Duarte (41′).

Texto e foto: Pedro Almeida – Diário de Leiria