Um golo logo a abrir ditou o rumo da partida na Vieira, com o Alqueidão a dominar por completo, que só não dilatou o resultado por falta de eficácia.
A partida iniciou praticamente com o golo forasteiro. Nogueira aproveitou um mau alívio da defensiva caseira, teve a calma suficiente para ver que Ruben estava adiantado e desenhou o ‘chapéu’ perfeito para inaugurar o marcador. O Vieirense sentiu, e de que maneira, o golo sofrido e até ao intervalo jamais se encontrou. Foi valendo Ruben com um par de boas intervenções a evitar uma desvantagem mais pesada.
Foi sempre mais forte o Alqueidão durante o primeiro turno, quer pelas incursões de Vasco pelo corredor esquerdo quer Nogueira pelo corredor direito. Os industriais iam sacudindo como podiam e raramente incomodavam Ângelo, que teve 45’ de plena tranquilidade.
O segundo turno trouxe mais do mesmo: o Alqueidão mais forte a pressionar a defensiva caseira e o Vieirense a apostar no contra-ataque mas quase sempre inconsequente. O resultado mantinha-se na margem mínima, apesar do maior caudal ofensivo dos serranos os lances de perigo eminente eram raros e quando acontecia Ruben ia resolvendo.
Até ao apito final, o jogo ficou mais partido, mas nem por isso bem jogado. Esteve sempre mais perto o Alqueidão de ampliar que o Vieirense de empatar e, mesmo ao cair do pano, Danny com grande trabalho individual rematou para a defesa da tarde de Ruben com a bola ainda a embater no poste.
Arbitragem positiva do trio liderado por Paulo Silva.|

ID Vieirense o
Ruben (c), Caio , Daniel Alves, Bruno (Mário, 24’), Teles, Vítor Duarte, Dinis, Gouveia (Ivo, 90’) Daniel Oliveira (Tiago Costa, 24’; Serginho, 90’), Botas (Mourinho, 80’) e Willian. Não jogaram: Feteira, Duarte.
Treinador: Luciano Silva.

CCR Alqueidão Serra 1
Ângelo, Kiko, Tiago Claro, David, Luís, Rudi, Nogueira (João Matos, 90’+2), Dady (c), Danny, Mantorras (João Duarte, 65’) e Vasco Gonçalves.
Não jogaram: Fabião, Pedro, Luisão e Bernardo .
Treinador: Filipe Faria.

Estádio Albano Tomé Feteira – Vieira de Leiria
Árbitro: Paulo Silva.
Auxiliares: Gonçalo Alfaite e Francisco Moita. Espetadores: 140.
Ao intervalo: 0-1.
Marcadores: 0-1 (Nogueira, 5’) .
Disciplina: Amarelo a Tiago Costa (27’), Tiago Claro (48’), Teles (58’), Nogueira (66’).

Texto e foto: Carlos Pinheiro – Diário de Leiria